Como Clarear Axilas e Virilha

virilha-clarear

“Como clarear axilas e virilha” é um dos artigos que mais me pediram aqui no PB. É um tema complicado, que eu levei muito tempo pesquisando soluções viáveis para o bolso da maioria. Há muitas receitas caseiras para clareamento pela net, mas, pessoalmente, eu não concordo com nenhuma.

Esfoliações e peelings sem agentes despigmentantes só funcionam para quem não tem problemas com cicatrização, ou seja, para aquelas cuja pele não intensifica a produção de melanina no processo, o que não é o caso da maioria das brasileiras, embora algumas (poucas) pessoas tenham algum sucesso com esses métodos. Há muitos outros efeitos para analisar antes de pensar em receitas caseiras. Há a possibilidade de efeito rebote, riscos de queimaduras, etc.


Eu confesso que consegui chegar a um ótimo, e eficaz, método caseiro, mas é extremamente perigoso, caso não sejam seguidas todas as recomendações. Eu fiz vários testes , com ótimos resultados, mas ,como nem a Ju (que é especialista em receitinhas caseiras) conseguiu seguir as recomendações direitinho e acabou machucando a pele (sim, as escritoras do PB testam as dicas de verdade), nós decidimos não publicar o método, pois temos responsabilidade com o que postamos.

Eu dividi as soluções neste post para que cada leitora possa analisar o melhor método por si.

Soluções seguras para uso em casa:

• Produtos de uso caseiro: Há vários produtos para clareamento sem substâncias perigosas, com autorização para uso em casa como a hidroquinona, sendo vendidos na net. Não encontrei sites nacionais que vendam estes produtos, portanto, o jeito é usar o seu Paypal se quiser experimentar. Eu experimentei alguns alguns (tenho umas manchinhas no rosto que, vez ou outra, me incomodam) e achei que nenhum dá um resultado em apenas 2 meses de uso. Deve haver muita paciência, usar por, pelo menos, 6 meses, e fazer esfoliações antes de aplicar os produtos para garantir que a primeira barreira da pele seja removida.

A Ju costuma fazer isso com uma esfoliação de bicarbonato de sódio e limão. O produto mais eficaz, neste caso, é o Celabright, que você pode adquiri no site da marca. Mas, lembre-se: muita paciência! Faça a esfoliação de bicarbonato e limão, lave bem (cuidado com o limão), depois aplique o produto. Pela manhã, use filtro solar Loreal (é o único que eu tenho certeza que realmente protege a pele) ou pomadinha de óxido de zinco (que além de trabalhar como bloqueador solar, também ajuda na cicatrização). O tempo para os resultados é de 6 meses.

• South Beach Skin Solutions: A South Beach Skin Solutions tem um bom kit. O despigmentante não é tão eficaz, mas tem uma linha interessante de desodorante e hidratante para complementar o tratamento. Eles prometem uma “luminosidade” instantânea da pele. De fato, o hidratante ilumina a pele e fica com uma “aparência” mais clarinha, é bem sutil. Eu não sei se todos vão gostar, pois eu sou branquela e, em mim, ficou bom, mas, talvez, não fique tão bom em outros tons de pele. Os produtos também são vendidos na página da marca e o envio é seguro – geralmente não é taxado.

• Arbutin: O Arbutin é um despigmentante que, no Japão, é chamado de “hidroquinona natural”. Ele é bem seguro, pois não danifica os melanócitos. 3% é a concentração ideal! Apesar de ser seguro, o Arbutin pode trazer o efeito rebote quando usado em concentrações muito altas (vai irritar demais a pele e acabar escurecendo mais ainda). A ação despigmentante do Arbutin é maior do que a do Ácido Kójico e da Vitamina C estabilizada. Ele é um derivado estável da Hidroquinona e age bloqueando a ação da tirosinase, sem causar irritação. Ele impede a produção de melanina no ponto da aplicação. O resultado é o desaparecimento visível das manchas sem provocar efeitos tóxicos no usuário. O ideal é que seja usado pela noite, após uma leve esfoliação (a de bicarbonato de sódio e limão, da Ju, é ideal) e não esquecer o filtro solar pela manhã. É difícil de ser encontrado, mas achei na loja salestore.com.br, que tem o envio seguro e é de confiança.

Soluções com acompanhamento profissional:

• Triderm + pelling de ácido glicólico em gel: Minha dermatologista receitou a pomadinha Triderm para minhas manchinhas no rosto . Ela contém hidroquinona, que é uma substância perigosa e proibida em alguns países, porém, muito eficaz. É preciso acompanhamento médico, pois, a hidroquinona pode causar efeitos irreversíveis (como a descoloração exagerada e permanente da pele). Eu esfolio a pele e , em seguida, aplico a Triderm.

A hidroquinona é extremamente perigosa quando ao sol. É necessário muito filtro solar, todos os dias, sem vacilo. Após 15 dias de aplicação da Triderm com esfoliação, eu faço peeling químico de ácido glicólico a 70%em gel, muito bem feito, na clínica, por minha esteticista e continuo o aplicação da Triderm, todas as noites, além de muito filtro solar e hidratante pela manhã. Esse período de 15 dias é extremamente necessário, para garantir que minha pele não produza melanina para cicatrizar após o peeling. O resultado é muito eficaz!

Porém, nunca, jamais, em nenhuma hipótese, faça sem acompanhamento profissional. A triderm custa 40,00 reais, em média, e a sessão de peeling ,que faço 1 vez por mês, custa 70,00 reais. Tratamento barato e com resultados superiores aos tratamentos com peelings físicos e aquela coisa toda que algumas clínicas de estética oferecem para meter a mão no seu bolso, pois o tratamento vai demorar uma vida (e muito dinheiro) para dar certo.

A triderm não deve ser usada por muito tempo, por causa da hidroquinona, portanto, quando o resultado é alcançado, o profissional suspende a Triderm e receita um hidratante facial com vitamina c, apenas para manter os resultados (a Avon tem um ótimo, a Natura também, eu uso um da Anna Pegova ,que não e caro, mas, os melhores são da Clinique). Eu adoro este método e o peeling de ácido glicólico em gel é maravilhoso e ainda ajuda a reduzir linhas finas. Tratamento barato e eficaz, que dá certo!

• Depilação definitiva (laser): A depilação a laser é feita com luz pulsada. A pele recebe disparos de raios luminosos que destroem a melanina acumulada na pele, assim, o laser também destrói as manchas. São necessárias, no mínimo, dez sessões. Um despigmentante é muito bem vindo para auxiliar no processo.
Preço: de R$ 150 a R$ 450, por sessão. Muito caro, mas eficaz.

Soluções que não funcionam:

• Desodorante clareador: Não achei nenhum que funcionasse. Talvez, sejam bons para manter os resultados de algum tratamento, pois a depilação vai acabar fazendo com que as manchas reapareçam. Neste caso, funciona apenas para manutenção.

• Hidratantes clareadores: Só para manutenção. Não adianta querer comprar os cremes das revistas de cosméticos e esperar que clareie uma região muito escura. Ele vai ser um ótimo coadjuvante para o tratamento de manutenção, mas, geralmente, não são muito eficazes para despigmentar áreas muito escuras. Algumas pessoas conseguem resultados usando apenas estes hidratantes, mas, como já expliquei no começo, não será eficaz para a maioria.

Sempre que eu encontrar alguma outra nova solução que seja testada, barata e eficaz, vou postar aqui para vocês. Procurem bons profissionais e nunca esqueça o filtro solar, caso contrário, todo o esforço irá por água abaixo…

author avatar

Engenheira e pesquisadora. Adoro fazer testes e fórmulas exclusivas para o PB. Amo química, neurociência e sorvete.