Manual dos cachos – Parte II – Essa tal de transição

cachos naturais

Parte 2 da série sensacional da Bia que é simplesmente demais! Sem palavras para agradecer tamanha dedicação dessa menina de ouro! 

Vocês já sabem que há pelo menos um ano e meio não faço nenhuma química transformadora da textura nos meus cabelos (alisamentos, relaxamentos). Fiz poucos alisamentos na vida, pro volta de uns cinco. Todos progressivas, porque meu cabelo alisa muito fácil. Hoje ele está do jeito que é mesmo, ondulado e volumoso… e eu adoro!

Não tenho nada contra química, mas deixar todo mundo igualzinho, com cabelo alisado e loiro, é meio sem criatividade. Quem gosta de alisar, sem problemas! Mas não faça isso pensando que é o único jeito de ser bonita, isso é uma grande mentira.

A questão é: do momento em que você decide parar de alisar até o momento em que seu cabelo ganha vida, fica definido e saudável, demora.

Quem tem cabelo cacheado ou crespo costuma fazer alisamentos mais agressivos, permanentes e que esticam o cabelo pra valer. Nem um milagre será capaz de enrolar essas pontas alisadas de novo. Só a tesoura vai resolver, infelizmente.

Você pode até tentar fazer permanente na parte alisada, mas esteja preparada psicologicamente pra cortar, porque as chances de o cabelo não aguentar e ficar horrível são gigantes. Pode ocorrer corte químico, garanto que só vale se você já estiver disposta a cortar em caso de resultado insatisfatório, até porque acertar o cacho pra ficar igualzinho ao seu natural é bem difícil. Ainda é preferível enrolar com métodos físicos a parte alisada do cabelo. Chegaremos lá!

E nada de fazer o permanente na parte sem química, ok? Totalmente desnecessário e vai enfraquecer seu cabelo. O que a gente quer é um cabelo forte e saudável.

Mas, como fazer até o cabelo crescer? Vamos apresentar algumas opções. É muito chato lidar com as duas texturas diferentes, mas não é impossível. Temos que priorizar a saúde e integridade dos fios que estão nascendo sem química, mas sem deixar de lado o bem-estar da dona do cabelo. Porque é difícil chegar a algum visual satisfatório com duas texturas totalmente diferentes no mesmo fio.

  • Método Radical: Cortar toda a parte alisada de uma só vez ou “Big Chop”

Gente, eu ainda estou pra entender essa mania de chamar tudo por um nome em inglês quando a gente tem palavras suficientes no nosso vocabulário pra explicar o que é determinada coisa. De qualquer forma, Big Chop é um termo bem difundido na blogosfera, que traduzindo quer dizer “Grande Corte”. Nada mais que tacar a tesoura na parte alisada do cabelo. Em alguns casos, passar a máquina.

Taí uma coisa que elimina as pontas alisadas e iguala a textura do cabelo. Mas, convenhamos, em terras brasileiras ninguém gosta muito de cabelo curtíssimo. Se você não se importar e quiser radicalizar no visual, vai lá e arrasa!

Eu acho lindo mulheres com cabelos curtos, usei o cabelo curtíssimo por muito tempo e acho um visual delicado. Se for as meninas com o cabelo afro, então…fica um visual muito charmoso, e com o tempo você ganha um black power novinho em folha (um sonho….snif).

A questão de fazer um corte desse é o choque na auto imagem. Nem sempre a pessoa vai se acostumar, e se cortar, só esperando crescer! Pense com calma, mas lembre que sempre é possível fazer um look lindo com brincões, florzinhas, faixas, turbantes…criatividade e alegria nessa fase!

Sugestões pra vocês se inspirarem:

cabelo afro natural 1

cabelo afro natural 2

cabelo afro natural 4

cabelo afro natural 3

Se depois de tudo isso você ainda não conseguir nem sonhar com a ideia de cortar tanto assim, você passará pela transição propriamente dita, deixando seu cabelo crescer mais até cortar a parte alisada.

  • Método gradual : estimulação do crescimento e cortes parciais intervalados ou “Transição”

Pra quem tem muito medo de ficar com o cabelo curtíssimo, acha que não vai se sentir bem e tudo o mais, há solução. Primeiro de tudo: tenha paciência. Segundo: descubra jeitinhos de continuar se sentindo linda nessa fase!

Se a auto estima não está em alta, trabalhe isso. Uma das coisas que eu mais vi em grupos de discussão e em blogs que discutem o retorno aos cachos é o problema em se amar! Gente, vocês são um complexo infinito de coisas, tem pele, cabelo, unha, roupa, maquiagem, acessórios, vida pessoal, profissional…não se resumam ao cabelo. Não deixem o cabelo definir quem vocês são, é exatamente o contrário! Aqui, o método é relax, pra ser gostoso, uma descoberta. Nada de viver em função do cabelo, deixar de fazer as coisas porque descabela…seja muito feliz!

Se vocês encararem tudo isso com naturalidade, continuarem a viver a vida e descobrir coisas novas, interesses, fazer amigos, trabalhar, cuidar de si, dos filhos, amigos, parentes, aposto que o cabelo vai crescer e vocês não vão nem ver o tempo passar.

Não importa o que você faça: cabelo quimicamente tratado ou não, tem dia que nada dá certo. Faz um pentado, uma maquiagem, coloca um brinco, colar, cinto, lenço e arrasa! Passa um perfume e esquece do cabelo. Amanhã vocês conversam de novo, ok?

cabelo transicaoAgora que a gente já preparou a mente, vamos preparar o corpo – nesse caso, o cabelo!

Técnicas de texturização

Você pode escolher igualar o cabelo todo por igual liso, ou todo por igual enrolado.

Se for todo liso, é só fazer escova (sem química) e pranchar. Use sempre protetor térmico e hidrate muito os fios. De preferência, passe só a prancha no cabelo seco, com protetor térmico. Prejudica menos os fios que tracionar com escova.

Como a ideia é voltar aos cachos, recomendo igualar a parte lisa e a parte natural cacheando tudo. Você começa a se acostumar com o visual diva cacheada e aprende a modelar.

Pode ser com babyliss, mas os cachos naturais não se parecem muito com o efeito dele e é melhor usar técnicas menos agressivas, e existem váriaaas. Basicamente, vamos enrolar o fio pra modelar as curvas que a parte lisa não tem, de várias formas. Teste, tenha paciência e com o tempo fica facílimo!

Em todos os casos, use um fixador da sua preferência. Faça as técnicas com os cabelos levemente úmidos ou secos, nunca com os fios muito molhados, para evitar frizz e garantir que eles fiquem certinhos. Só dá certo se o cabelo estiver seco quando for soltar!

Tranças de duas pernas ou twists

Super fácil de fazer, é só separar duas mechas de cabelos, e fazer como se estivesse trançando uma na outra, só que torcendo só elasticos cabeloduas mechas. Faça com o cabelo seco ou quase seco (70%).Aplique algum tipo de fixador (mousse, gel de linhaça, um leave in mais pesadinho), faça as trancinhas em todo o cabelo, prendendo na pontinha com elásticos pequeninhos, desses que você compra em saquinhos com vários.

Se o cabelo estiver levemente úmido, passe o secador bem morninho até ele secar por completo, solte as trancinhas uma a uma e veja o resultado! Amasse as pontas com um pouquinho de mousse e pronto! Se achar que ainda não está bom, é só deixar preso mais um pouquinho.

Se o cabelo estiver seco, você pode fazer e dormir assim, retirando as trancinhas no dia seguinte, amassando com um pouquinho de mousse nas pontas pra que elas não fiquem esticadinhas.

O segredo dessa técnica é a espessura da mecha. Se ela for bem grossa, quando soltar o cabelo fica com ondas largas. Se for fininha, fica um frizadinho bem parecido com alguns tipos de cabelo crespo. Teste em uma parte do cabelo e descubra a quantidade ideal pra você!

Existem milhões de jeitinhos de fazer, mas a técnica básica é torcer e enrolar duas mechas de cabelo. No youtube tem vários vídeos com resultados muito legais. Dê uma passeada por lá e descubra como você acha masi fácil.

Trançado comum

Quem já fez uma trança de três mechas apertadinha sabe que ela ondula o cabelo. Da mesma forma que nos twists, você pode fazer várias tranças antes de dormir para modelar o cabelo. Quanto menos cabelo por vez, mais frizadinha e pequena é a textura. O bom de fazer a trança é que sai no piloto automático pra maioria das pessoas!

Coquinhos ou nós bantu

A técnica é um pouquinho mais fácil e rápida que as duas outras. divida seu cabelo em quadrantes, torça a mecha até ela virar uma espiral e ir erolando sob o próprio eixo. Prenda com o elastiquinho e solte quando estiver bem seco. Se não quiser dormir com eles, faça com o cabelo úmido e passe o secador morninho até ficar bem seco, e solte.

bantu knots

Papelotes

Técnica útil, da época da vovozinha, e fácil!

Você precisa de um papel resistente, tipo saco de pão, que aguente ser enrolado. Ou tirinhas de feltro, que são ótimas pra dormir. Corte o papel ou o tecido em tiras de aproximadamente 15cm X 5cm. não precisa ser regular, perfeito e tal. Mas tem que ficar de um jeito que não rompa o papel.

Com o cabelo levemente úmido e com algum fixador já aplicado, pegue uma tirinha do papel ou do feltro, segure na ponta do cabelo e vá enrolando o cabelo até a raiz, em volta da tira.

Quando chegar na raiz, enrole as pontas do papel uma na outra, até ficar preso.

No caso do tecido, dê um nó firme, porque feltro é fácil de desamarrar no outro dia. Não dê um nó cego, dê um nó firme que dê pra tirar pelamordedeus.

Nessa técnica os cachos são mais largos.

papelotes cabelo passo a passo

Bobes e bigudinhos

Esses são tão fáceis que dá até preguiça de explicar…risos.

Você compra do tamanho que quiser, no modelo que desejar e coloca no cabelo levemente úmido, com fixador da sua preferência. Seca com secador e tira….tcharan!

Os mais fáceis de usar são os modelos com velcro ou presilha embutida, dispensam o uso de grampos e bagunçam menos na hora de tirar. Ignore o visual dona Florinda, porque o resultado é divástico!

bobes cabelos

Acessórios

Depois dessa maratona de estilização, tente manter o visual por uns dias. Quando começar a ficar um pouco mais bagunçadinho, você pode prender.

Flores, arquinhos, bandanas, turbantes. Tantas opções que não dá pra se sentir entediada jamais!

Use e abuse dos acessórios, eles complementam o visual e te fazem esquecer da transição.

flor cabelo cacheado

bandana cabelos cacheados

cabelo afro tiara

Penteados

Não preciso nem falar que não pode ter desânimo só por causa de um dia de cabelo de mau humor, né?

Procure penteados pro seu tamanho de cabelo. Tem vários penteados fáceis e ótimos, e isso será um caso a parte nessa série, já que existe uma infinidade de possibilidades. Vou trazer nos próximos posts penteados fáceis, mas é só olhar pela internet afora e se deliciar.

Tenha em mente: você precisa ter elásticos, grampos, fitas, faixas elásticas em casa. É baratinho e vai te animar muito em dias de cabelo revoltado! Faça penteados e vá viver!

Estimular o crescimento dos fios

Quando você alisa o cabelo, a química entra em contato com a raiz, alterando o ph do couro cabeludo e diminuindo o crescimento. Quando você parar de usar química, vai sentir que seu cabelo vai crescer mais! Para diminuir a ansiedade, cuide de seu cabelo, se alimente direitinho, e use algumas táticas pra incrementar o crescimento dos cabelos.

Você pode usar as milhões de receitas e dicas aqui do PB:

Cafeína

Shampoo bomba

*Nota sobre esse: além de polêmico quanto ao resultado, temos opções naturais mais baratas e igualmente funcionais. Eu prefiro o que é mais natural, mas vai de você!

Guia para cabelos compridos

Alimentos para ajudar o cabelo a crescer

Tratamentos naturais

Se achar que o cabelo não cresce, cai demais, ou tiver alguma irritação no couro cabeludo, dermatologista! Todas as técnicas funcionam para pessoas saudáveis, são um estímulo que só vai funcionar  se o seu organismo estiver operando normalmente. Cabelos são um reflexo de saúde!

Espero ter contribuído com as meninas que estão passando pela transição, ou que desejam parar com a química e assumir os cachos! Qualquer coisa, estou nos comentários, sempre disponível.

Até a próxima!

Por Bia Nascimento

  • sueli

    boa noite bia você sabe tudo de cabelo. amei
    bia eu estou passando por uma transição .meu cabelo estava muito seco . a seis meses comprei um kit de cauterização da aneethun, comecei a fazer sozinha em casa ,foi maravilhoso o resultado. fiquei escovando e pranchando meu cabelo em quase todos os finais de semana. hoje estou quase sem cabelo quebrou tudo bem perto da raiz .estou mal, o que eu faço?

  • Fatima

    Boa tarde Bia quero saber o aconteceu com o cabelo de minha cliente fiz papelote eo cabelo quebrou nunca havia acontecido antes?

    • http://www.produtosdebeleza.com/ Bia

      Boa noite Fátima!

      Muito curiosa essa situação, uma vez que o papelote em si não é procedimento químico transformador da textura do fio. É só uma modelagem de textura temporária…
      Pergunto:

      1) quais procedimentos químicos ela tem no fio?
      2) você diz que quebrou mas não diz como. Partiu na raiz, quebrou em vários tamanhos diferentes ou num pedaço só, tirando um “tudo” do cabelo? 3) qual nível de calor e distância do secador foi usada?

      *suspeito de excesso de queratina ou corte químico, nenhum deles relacionado com a modelagem. O cabelo devia estar muito fraco e só de mexer tava soltando pedaço, só pode. Responda as questões acima para a gente ver o que aconteceu e tentar evitar mais quebra até crescer uma parte saudável… :D

  • Fabiana Girardi

    Oi Bia, Vc que é uma fofa me esclarece uma dúvida sobre o uso do dermaroller? Pretendo usá-loa para minhas marcas de expressão e não estou encontrando a vit a e c em óleo. Você pode me orientar a respeito?

  • Tânia Soares

    Bia, sua Serelepe!!!, tá com Tudo e num tá Prosa Amiga!!!!
    Arrasou em mais 1 matéria MARA!!!
    Sabe q comentei sobre os papeizinhos nos cabelos faziam lembrar das novelas de época: Alma Gêmea e O Cravo e a Rosa, tem 1 boa idéia de como fazer esse método de enrolar os fios.
    Bjs Amiga
    Carpe Diem

    • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

      Meus amores!! Vcs são demais!! beijos

  • Tanise

    Meninas, pra quem gostou da foto do meu outro comentário, ta
    aí um passo a passo de como eu fiz… é bem fácil e disfarça bem a diferença de volume entre a raiz e o comprimento do cabelo, um dos vilões dessa fase cruel… rsrs

    Vc vai precisar de uma escova ou pente, um elástico, muitos grampos e um fixador. Atenção: quanto menor forem os grampos e mais fino o
    elástico melhor… a intenção é não deixá-los aparecer de jeito nenhum.

    1. Penteie o cabelo normalmente: todo pra trás, dividido de lado… enfim como vc preferir.

    2. Com o elástico, faça um rabo de cavalo na posição onde vc quer que fique o centro do coque (o que vamos fazer será em volta dele).

    3. Pegue uma mecha do rabo de cavalo e passe em volta do elástico para escondê-lo e prenda com um grampo.

    4. Pegue outra mecha, passe o fixador e dê uma volta agora no dedo. Pegue outro grampo e prenda esta voltinha próximo ao elástico deixando a ponta da mecha solta. Caso a parte solta fique muito grande, vc pode dar outra volta no dedo e prender próximo a primeira voltinha. Use outro grampo.

    5. Faça o mesmo com o restante das mechas de forma a rodear todo o elástico. Lembre-se de passar o fixador em cada uma das mechas. E procure sempre esconder os grampos.

    6. Agora é só por um enfeite de cabelo para dar um charme. Pontos de luz, flores, raminhos, corações, etc… são tantas opções, escolha uma e arrase!!!

    • Bia

      Posso postar na página do PB no Facebook?

      • Tanise

        Pode sim!!! Fico mt feliz em saber q vc gostou… rsrsrs……. bjhns

  • Clarinha França

    Bia, há muito tempo que estava procurando na net alguma coisa que me atendesse nesse meu momento de transição e seu texto é P-E-R-F-E-I-T-O! Muito obrigada! Meu cabelo agradece!

    • Bia

      Adoro saber que te ajudei de alguma forma.

      Eu que agradeço querida!

      Depois conta os resultados.

      Beijoooo

  • Vivian Diniz

    nossa eu tive uma pequena parte na nunca que sofreu corte químico, fiquei desesperada mas na fé que vai crescer normal rs vivendo e aprendendo rs quando minha raiz tá natural eu costumo fazer um rabo bem alto ou um coque meio podrinho rs

    • Bia

      Vai crescer normal sim! Fica sossegada que a parte que nascer vai esquecer do sofrimento da parte que “morreu”…kkkk
      Já não faz rabo baixo! Odeio sair de rabo baixo, parece falta de vontade de viver…kkkkkk
      Bjooo

  • Tanise

    Bia, vc não tem noção de como vc tem me ajudado com essa série… Meu cabelo sempre recebeu mt química pq tem mt volume, é mt enrolado e fino. Ou seja, embola de uma forma surreal. Desembolar ele é uma tarefa daquelas, rsrs!!! Por isso eu fazia relaxamento nele desde meus 6 aninhos. Comecei cedo assim pq minha mãe tinha mt pena de mim na hora de pentear o cabelo. Ultimamente, com essa onda de escovas progressivas, eu estava fazendo os dois no msm dia… Loucura né… mas minha cabeleireira dizia q não tinha problema, desde q eu não usasse outra química por minha conta em casa…. pois é, o fato é q, passados uns três anos (fazendo isso a cada 2 ou 3 meses), meu couro cabeludo ficou cheio de caspas gigantes, cheio de feridas, o comprimento do cabelo ficou mt artificial e as pobres pontas ficaram iqual palha… enfim detonei meu cabelo e no final das contas nem no salão ele ficava bonito. Daí vc, Bia minha salvadora, começou essa série maravilhosa q me deu vontade de assumir meus cachinhos e largar essa escravidão cruel pra lá!!! Tô na fase da transição e neste sábado fui a um casamento. Veja só o penteado q eu msm fiz: um coque baixo para a esquerda bem estiloso!!!! bjnhusss

    • Paola Oliveira de Camargo

      ficou lindo mesmo, Tanise!

      • Tanise

        Muito obrigadaaaa, Paola!!!

    • Vivian Diniz

      Tanise ficou muito lindo , amei esse enfeito no cabelo, eu adoro – no momento rs – meu cabelo alisado, pela praticidade, só que to sofrendo as consequências de 3 anos de alisamento, tá fraco, quebrado, to na luta para recuperar e esse negócio da caspa que vc falou é o pior, não é nada ultra péssimo mas incomoda , usei aquele head & shoulders e melhorou bastante , eles lançaram um especial para cabelo com química.

      • Tanise

        Brigaduuuu!!!!! valeu tbm pela sugestão, vou testar tomara q de certo comiga tbm… rsrs bjus

    • Bia

      Lindo! Adoro penteados, e o adereço que você colocou deu um super clima de festa!
      Que bom que eu te inspirei, Tanise!
      Fica sossegada que com os cuidados certos, você nunca mais vai pensar que seu cabelo é difícil de lidar!
      O problema é que a gente não sabe o jeitinho de cuidar, se apavora e vai fazer química na esperança de ajeitar. Mas fica mais difícil ainda de cuidar.
      Faça penteados no dia a dia também, pra dar uma animada!
      Beijo e comente mais por aqui!

      • Tanise

        brigadinhaaa Bia, pela força e inspiração!!!!

  • Vanessa Moreira

    Nossa Bia, estou com uma internet péssima aqui e já faz dias que quero comentar e ela não me ajuda. Mas vamos ao que interessa. MENINA, eu passei por essa fase há uns anos quando cortei meu cabelo curtíssimo, então até crescer tiver que usar muitos desses recursos.
    Fiquei emocionada em saber que vc será escritora fixa daqui, aí posso já pedir a parte III, kkkkkkkkk, daquelas super folgadas. É que eu já estou resolvido com meus cachos, meu cabelo é grande, mas quero dicas para cuidar deles. Agora que estou no Brasil ele está uma gracinha, mas quando volto para o Chile sei que vai sofrer tudo outra vez :/
    Então, se não for pedir muito, dá moral pra mim e faz um post para o nível de cabelo resolvido com seus cachos.
    Mas arrasou no post.
    bJIM

    • Bia

      Vanessa, sua linda!
      Eu estou dando uma gradatividade no post! hahahahahaha
      Mas vamos entrar nas técnicas para cabelos assumidamente cacheados logo menos!
      Menina, meu cabelo, enrolado, tá no cotovelo! Quase chorei de emoção esses dias…kkkkkkkkkkk
      Dá um tabalho, mas eu tô gostando…
      No Chile tem problema de Hard Water? Pode ser isso, ou também o frio…
      Bjoooo

      • Vanessa Moreira

        Sim, a água é uma tristeza, já até comprei um filtro pro meu chuveiro. Mas acho que com o frio a coisa ficou pior, porque cheguei no Brasil e é outro cabelo.
        Vou aguardando ansiosamente cada post.
        Bjim

  • Nega

    Adorei Bia!!Vou uma seção nostalgia para mim pois minha infância teve muitos papelotes e bobes.E eu também queria ter um cabelo black power enorme,pois acho muito lindo!!!

    • Bia

      São técnicas bem menos agressivas que o babyliss, valem muito a pena. A gente sempre desenterra umas coisas da vovozinha…kkkkk
      Bjooo

  • Marcelle Monteiro

    Eu estou passando por esse período também. Tem dias que eu fico muito triste porque meu cabelo está feio, com duas texturas no fio. Eu nem tiro foto para ninguém ver meu cabelo. No início era bem difícil, mas agora estou me acostumando. Estou aprendendo como deixar meu cabelo mais agradável. Gostei muito dessas dicas de como enrolar. Como o meu está bem curtinho (acima do ombro porque eu cortei boa parte que estava alisada) ainda não sabia um jeitinho de cachear.
    http://doisquintos.blogspot.com.br/

    • Bia

      Vai testando com fé que você vai ver que encontra um jeitinho pra ele!
      Beijooooo

  • Odi Reis

    Amei !! Tenho duas sobrinhas que sofrem … Umas delas(Juliana) nao tem paciência e nao se aceita, então ela alisa o tempo todo e corta sempre na altura no ombro ou menos, ja Mônica, tava com dois cabelos kkk relaxado da metade p as pontas e cacheado natural da metade para a raiz…então ela mesma meteu a tesoura…corajosa toda…a mãe dela ficou uma fera(pois detesta o cabelo da filha curto) …eu achei fofo…so preferia que ela tivesse ido ao profissional p cortar ne? Kkk… Mas agora, ela ta cuidando bastante do cabelo, hidratante, usando semi di lino, argan, shampoo sem sulfato e etc… E usa muitos adereços legais…Até que cresça ….

    Mas é verdade, nós nao somos resumidas a cabelo… A Juliana minha sobrinha, tem a pele e o corpo lindo…nao tem uma gordura localizada, nem estria, nem barriga…é alta e falsa magra…uma coisa linda.

    Acho que eu vou fazer esse PAPELOTE no meu…tomara q eu acerte!

    Bjssssss meninas

    • Bia

      Oi Odi!!!

      Cortar a parte alisada é um alívio e uma vitória pra muitas meninas. Realmente, sua sobrinha é uma heroína!

      Mas se ela sabe cuidar do cabelo, e enfeita bastante, deve estar bem feliz com o resultado. Adoro essas histórias de libertação. Nada contra a química, mas tem gente que faz só pra ficar padrão. E eu não concordo com padrão, vejo mais beleza na diversidade!

      Faz papelote, fica um cabelão muito princesa!

      Beijooo

      • Vanessa Moreira

        Eu nunca tive coragem de coragem de alisar porque sei que arrependeria e depois ia sofrer no processo de retorno.

        • Bia

          Eu já alisei, mas nunca mantive alisado por muito tempo…rs
          Mas eu enjoo do cabelo, taco a tesoura etc. Agora que ele tá grandão que eu tô mais ponderada…

          • Vanessa Moreira

            Deve estar super bonitão, no próximo post põe fotos!

          • Bia

            Assim que eu terminar de consertar a desgraceira na cor dele eu posto…kkkkkkkkk
            Contei no FB, uma santa alma fez cagada na hora de tingir…só Jesus na causa!

    • Vivian Diniz

      eu quase já fiz isso de meter a tesoura eu mesma mas desisti de última hora, minha mãe fez tanto terrorismo que acabei deixando para lá rs

  • Daniela

    Oi linda! Adorei o post!!!! Quero comentar, porque assim, eu enchí a paciência da coitada da Ju, queria, porque queria de qualquer jeito mudar e achei que iria fazer uma progressiva, mas tinha um cagaço do bendito formol…mas até aí ela me explicou direitinho, acho que vc tb comentou que não tinha problemas e tals…sosseguei, estava esperando entrar uma graninha pra fazer. Maaaaaas fiquei relembrando de como era meu cabelo, não era a favor por ficar com cara de boneca (tudo igual) não queria isto, e fiz uma selagem uma vez com promessa que iria lavar e voltar a enrolar e uma outra vez eu fiz com a intenção de alisar e enrolou kkkkkk Coisas de Laurinha…Bem, acontece que nesta fase lembranças dos belo da antiga, meus cabelos sempre foram elogiados pelos cachos naturais, nunca conseguí fazer com que ficassem muito compridos (um sonho) pois eles são finos e em um certo ponto ele afina e fica horroroso, mas mantinha o máximo que ficasse com um caimento bacana, usei muito mechas com raiz escura, sinceramente só gosto assim, e dava um contraste legal nas minhas ondas. O bagunçado não me incomodava qdo tinha as mechas loiras, dava um ar meio rebelde e tals. Mas de uns tempos pra cá, acho que pode mudanças hormonais e nutricionais, e por isso perturbei a Ju tadinha, meus cabelos estão sem forma, nem enrola nem fica liso, assim, sem cachos mas armado entende? Ou seja, pânico total pra mim, pois tenho pouco cabelo, são finos…passei Richesse pra disfarçar uns brancos que teimaram de qq jeito aparecer e a expressão pesa um pouco mais, mas acho que até lendo seu artigo, me motivou a tentar mais uma vez…mas somente se as mechas me acompanharem!kkkkk
    Olha, uma dica: cabeleireiro famoso mostrou se não me engano na tv ou youtube que ele não faz progressiva até as pontas, quando ví isso achei sensacional, pois a moça em que ele fez a química ficou com ar super natural, mas creio que não dá pra fazer isto em todos os tipos de cabelos, e realmente aquela coisa reta que nem o vento move, me assusta um pouco…não somente pelo aspecto, mas pela triste constatação que realmente vale até acabar com os cabelos para atender a um padrão. Claro eu já passei por isso e sei que pra algumas pessoas é melhor tentar dar uma arrumada com química, na infância eu tinha pavor dos meus cabelos pois não tinha cremes bons como hoje para definir cachos, etc mas tb não tinha opção de químicas como temos hoje que muitas vezes fica bom.Mas sempre voto por um cabelo saudável do que destruído (com ou sem química, voto pelo aspecto mais natural) e tentando seguir padrões impostos…assim como vc, adoro ver um afro bem cuidado, e não sei como algumas moças conseguem fazer tantas coisas com aqueles cabelos lindos!
    Adorei seu post, assim como adoro este cantinho nosso aqui…todo especial. Parabéns e vc arrasa!bjinhos

    • Bia

      Eu adoro cabelo cacheado com mechas…mas tem que fazer com o profissional que manje dos efeitos no cabelo enrolado, pra não ficar muito grosso e acabar com um cacho de cada cor.

      Definição é um treco tenso mesmo, vai ser um dos meus temas…rs

      Além das parafinas e petrolatos da vida, que tem umas meninas que banem porque tem uma história de que resseca o cabelo…vou ter que pesquisar mais, mas a princípio parece uma das grandes lendas da internet. Cenas dos próximos capítulos!

      Eu sonho com um cabelo Taís Araújo, ainda acho que vou comprar uma peruca…kkkkkkkk

      Eu não sou contra química, mas é bem o que você disse: não é o único jeito de ser bonita. Sempre dá pra ser bonita e natural. Eu costumo pensar que o cabelo natural da pessoa combina mais com ela que o cabelo alisado…kkkkkk

      Ai, como eu queria um black power….

  • Isadora_Rezende

    Adoro papelotes! Narrei minhas aventuras com tal procedimento no artigo I. Ótimo artigo! Bjos.

    • Ana Paula Parrella

      ñ entendi muito bem como se faz….

      • Bia

        Asim! Se for com papel, no final ao invés de dar um nó, enrole as pontinhas!

        http://www.youtube.com/watch?v=YzXfBfXjhoQ

        • Ana Paula Parrella

          humm, ok bjss

    • Bia

      Foi um dos lembretes para incluir essa técnica!

      Definitivamente, os comentários são parte integrante dos posts no PB.

      Beijo Isa!

      • Isadora_Rezende

        Sim foi!?!? Que bom então que contribui! ;) Beijos.

  • Suka Milky

    as trancinhas de 2 pontas, e a té as de 3 dão um efeito muito show… eu fazia isso pra dormir com o cabelo umido e com um creme, no dia seguinte soltava, ficava maravilhoso, alias era o unico jeito de dar “forma” nas minha sororoca capilar kkkkkkkkkkk…

    seu artigo ta de mais hem Bia parabens

    • Ana Paula Parrella

      kkkkkk

    • Bia

      Tá vendo como tem jeito de lidar com a sororoca? Se não quiser dormir pouco sexy, adiante a secagem com o secador….tcharaaaaan!

  • Paola Oliveira de Camargo

    Bia, que delícia de artigo!
    Olhando por cima, achei que não tivesse nada aí pra mim. Afinal, não tenho nenhuma transição a fazer. Mas acreditas que fiquei com vontade de usar bobes? Pois é, a dona preguiça querendo ter trabalho com o cabelo… Pode isso?

    Mas minha parte favorita foi a transição radical. Eu queria saber por que afrodecendentes costumam ter uma cabeça tão propícia para cabelos ultra curtos. Toda vez que um resolve raspar a cabeça, fica uma coisa linda. Quando alguém da minha família raspa a cabeça, fica uma coisa esquisita que só. Baita injustiça…
    Sério: acho esse look de cabelo aparado com máquina simplesmente lindo, além de ser a coisa mais prática do mundo. Aí, se a pessoa quiser mudar o visual, é só amarrar um lenço ou colocar uma tiara que arrasa. Mas confesso que jamais teria coragem – até porque não sei se minha cabeça tem um formato decente pra isso. Careca, só deixo meu avatar no Second Life (o engraçado é que já ouvi elogios por andar por lá sem cabelo).

    • Isadora_Rezende

      Vishi Paola, pensei bem isso. Não lembro de ter visto afrodecendentes de cabeça raspada em que eu achasse feio, rss.

      • Paola Oliveira de Camargo

        Não é? Sempre fica bem!

    • Bia

      Faz Bobes, Paolita!

      Certeza que vc vai gostar do resultado. Fica chic. Se combinar bobes maiores com menores em partes estratégicas da cabeça (já que vc tem um montão de cabelo, que nem eu) fica legal demaaaais. E é rapidinho.

      Eu acho que todas as meninas que tem aquela pegada mais afro mesmo ficam maravilhosas de cabelo baixinho. E é tão estiloso! E delicado, ao mesmo tempo. Já tive cabelo bem curto, mas nunca careca. O mais perto que cheguei disso foi um Sim careca…kkkkkk mas ela era verde também, rs.

      Eu não sei se tenho uma cabeça legal também…pior mesmo é menino com cabeça torta…se raspa, fica esquisito…kkkkkkk

      Bjoooo

      • Paola Oliveira de Camargo

        Meu namorado, quando mais magro, tava perdendo tanto seu ralo cabelo que resolveu raspar. A cabeça dele não é torta, mas é grande e meio quadrada, como bom judeu alemão/polaco. Resultado: todo mundo achou que ele tava doente. Meu pai disse que ele parecia ter leucemia. O meu pai, quando raspa (e nem precisa ser no zero), fica com orelhas de abano e aparência bem mais velha. Meu tio tem a pele ondulada na nuca. Enfim… Ninguém na minha família deve raspar a cabeça.
        Tentei ter um Sim totalmente careca. Mas não combinava, porque meus Sims são medievais. hehehe
        Bobes maiores e menores? Boa, não tinha pensado nisso. Pensei em comprar apenas os grandões. Mas, realmente, pode dar um efeito interessante… Brigadinha pela dica! :)

      • Vanessa Moreira

        Meninas, tá me dando vontade de fazer bobes, vou experimentar e conto.
        Mas revelo que uma vez meu cabelo estava abaixo da cintura e cortei estilo Joaozinho, adorei! Fiquei com o look por 7 anos. E nessa época meu sonho era raspar. Fui reprimida pela família, amigos e mundo, mas agora não sei se teria coragem.

        • Ester Moreira

          Gente, eu sou do teatro e uma vez cogitaram a possibilidade de tds rasparem, eu quase infartei… Por sorte não foi preciso. acho q ficaria uma figurinha mal desenhada com cabeça raspada! gosto tanto da minha juba. :D

          • Bia

            MEDOOOOO

        • Bia

          Eu já fiz a mesma coisa, e também fiquei por muuuito tempo de cabelo curto. Agora deixei crescer e tô num apego…kkkkkk

          • Vanessa Moreira

            Eu queria cortar esses dias na altura do queixo, mas o namorado ficou louco, então vou deixando, até quando só Deus sabe, kkkk

      • Ester Moreira

        Isso me lembrou de uma época em que eu usava bobes na cabeça em uma peça. Eram mega bobes, eu fazia uma vizinha fofoqueira e encrenqueira, o melhor era quando tirava, os cabelos ficavam com ondas grandes, estilo Gisele Bundchen, Grazi Massafera (guardadas as diferenças, claro, meus cabelos são menos ricos)… eu amava, mas meu couro cabeludo é tão sensível que me dava uma dor de cabeça chataaa

  • anna

    Bia, muito bom o II post,meu cabelo é tipo 2 e 3, mas sem quimica, mas ainda não consegur deixa-los comportados…rssrs tinha outro post falando sobre arovit, em ampola eu tenho em comprimido como faço para usa-lo? ele é durinho e não conseguir amassar igual a aspirina por exemplo… tem jeito?rsrsr

    • Bia

      Você pode tentar diluir em água e aplicar do jeito que ficar na raiz….deixa por duas horas e lava…porque acho que vai ficar pedacinho…veja se dá pra fazer assim!

  • Ana Paula Parrella

    Bia é na situação q me encontro! tinha os cabelos na cintura (até 3 meses) e devido a tantas químicas (progressiva + loiraço) tive q optar pelo tratamento T (tesoura kkk)

    hoje meu cabelo esta na altura do ombro e com 2 ou 3 dedos de loiro ainda…

    Enfim, toda vez q lavo tenho q escovar pois parece q o cabelo ñ encontra mais seu caminho sabe, fica ondulado e mega armado, ñ faz mais os cachinhos. Parece q o cabelo esta perdido….. e eu junto neh

    super amei as dicas, e sabe uma coisa q achei na net foram os tais de curl formes, vc ja viu??

    to pensando em comprar pq fazer escova dia sim dia ñ ta difícil viu!
    bjss

    • Bia

      Já vi sim!

      Essas fitinhas partem do mesmo pressuposto do bobes…acho sensacional.

      Usa sim!

      Tem vários tutoriais pra usar até no cabelo seco!

      Beijooo

      • Ana Paula Parrella

        vou procurar, bjss

  • Gisele

    Meus cabelos não são crespos e nem cacheados (acho lindo quem tem), os meus são ondulados, mais para indefinidos, pois algumas mechas ondulam, outras não. Por isso sempre faço escova ou faço cachos. E fiquei em dúvida ao ler que é melhor passar prancha no cabelo seco com protetor térmico do que escovar… sempre achei que a escova danificava menos que a chapinha. Fiquei na dúvida, do mais, ótima matéria, parabéns!

    • Bia

      Então, Gisele…a escova danifica mais porque fica esfregando o cabelo, tracionando os fios,..se a chapinha for usada na temperatura correta, do jeito certo (passando sem parar no cabelo), não prejudica tanto quanto a chapinha. Acho que falamos disso antes, aqui http://www.produtosdebeleza.com/cabelos-danificados-precisam-de-rehab.html.

      Beijooo

  • Carol

    Outro dia comentei que queria fazer a progressiva que alisa as pontas do PB, exatamente pq ainda tem tio nas pontas do meu cabelo e esperar ele crescer todinho para igualar esta me matando rs. Como não quero cortar, esse artigo veio em hora certa para me animar a tentar outras técnicas! A persistência continuará!

    Bjs

    • Carol

      Penso tb muito na minha sobrinha que tem um super black power. Em casa ninguém tem cabelo liso natural, e acho q ela precisa de exemplos, para que ela sempre goste do cabelo dela. Mas todo mundo incentiva minha irmã e deixar o cabelo dela solto pq ela fica linda! E se acha de cabelo solto. Outro dia ela estava com o cabelo solto, cheio de adornos, todos que ela encontrava ela falava: olha meu cabelo como esta bonito e macio. Mas no inicio somente eu era portadora da causa “alice cabelos soltos naturais”, ainda hoje quer me ver doida é falar que o cabelo dela é ruim… Fico pior que a própria mãe! rs

      • Bia

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk adooooro black power. Pra mim, os cabelões black power e taís araújo são as coisas mais sensacionais que as brasileiras tem!

        • Carol

          Vou tirar uma foto dela com black power e postar la no grupo, vc vai amar! Ela é minha pequena ativista! rs

    • Bia

      Experimenta num dia com calma, Carol….certeza que vc vai achar uma técnica pra dar um jeitinho até achar que está num tamanho legal pra cortar!

      Beijooo

  • Ester Moreira

    Eu nunca fiz química nos cabelos, então, acho que isso ajuda e muito. O problema é que por muito tempo eu mantive o cabelo bandido (preso ou armado) então, deu uma esticada em cima. Quando eu estou com tempo, passo um creme pra pentear, durmo com ele úmido, no outro dia está mara. Ou lavo bem cedo pra sair a noite, que demora bastante pra secar… mas ainda tô planejando ficar com ele só solto… preciso acertar o corte, eu acho…

    • Bia

      O corte e provavelmente subir a raiz. Ele arma na ponta e fica lambido em cima, né?

      Se for isso, daí não tem como ficar feliz, a gente se sente um quiosque de praia!

      • Ester Moreira

        É mesmo, às vezes fica murchinho em cima, melhora com fitagem e muuuuito creme!

      • Vanessa Moreira

        Quando eu erro no corte meu cabelo fica uma derrota :/

    • Vanessa Moreira

      Menina, é isso mesmo, isso passa comigo, lavar cedo para sair a noite ou mesmo dormir com ele úmido para despertar como uma diva. To me sentindo muito identificada aqui.
      Bjim

      • Ester Moreira

        e sempre tem o bom e velho gel de linhaça pra ajudar a salvar, né?!

        • Vanessa Moreira

          Esse gel é meu xodó!

  • josieli magnus

    Vive esse drama, tive um corte químico severo e meu cabelo quebrou na metade, uma parte dele…. fiquei uns 6 meses cortando pedaços, até decidir cortar ele ficou com uns 7 cm curtissimo prá quem sempre teve cabelão, hj passados 3 anos me livrei de toda parte que tinha aquele produto infeliz e estou apreendendo a cuidar dos meus cabelos!

    • Bia

      Que bom!

      Corte químico é muito comum, e a maioria das vezes que eu vi acontecer foi no salão! Medooooo!

  • Flávia

    Bia adorei a matéria queria me acostumar com o cabelo cacheado mas a falta de definição deles me incomoda… quem sabe algum dia..

    • Carol

      Flávia, meu cabelo tb não tem muita definição não, por isso parti para o alisamento. Mas como ja faz tempo que aliso, quero ver como ele ficará agora sem todo esse alisamento. Hoje tenho acesso a mais informações, melhores maneiras de trata-lo acho que vai valer a pena.

    • Bia

      Ah, cabelo ondulado, né?

      Eu tinha pavor do volume do meu cabelo quando eu era criança….minha mãe cuidava dele como se ele fosse liso, então imagina.

      O principal pra definir é leave in e nunca pentear o cabelo seco! NUNCAAA!

      Chegaremos em mais algumas dicas logo menos!

      Beijooo

      • Vanessa Moreira

        Meu cabelo desde criança teve seus cachos definidos, mas toda mãe faz questão de pentear bastante para enviar a pobre da criança para a escolinha, aí fica aquela coisa, Deus me livre, nem gosto de me lembrar desse martírio.

        • Bia

          Sem contar naquele danado do rabo de cavalo apertado que doía a cabeça…kkkkkk

      • Vivian Diniz

        o meu – antes do alisamento- qdo dormia com ele meio úmido formava uns cachinhos/ondas bem bonitos de manhã , até me animava em sair com ele daquele jeito mas qdo passava a escova… Senhor amado … ficava uma juba espichada horrenda rs essa parte ai de nunca pentear não era de meu conhecimento rs pq primeira coisa que a gente faz é meter a escova no cabelo

        • Paola Oliveira de Camargo

          Quando eu fazia isso, odiava meu cabelo. Quando aprendi a nunca penteá-lo a seco, ficou lindo.

        • Bia

          Reflexo das nossas arrumações matinais para ir para a pré escola, eu acho…kkkkk

  • Michelle Quirino

    Bia/PB, parabéns pela matéria e pela coragem de assumir os cachos!
    Na verdade precisa ter mais que coragem… dedicação e paciência acima de tudo!

    Bjs…. :)

    • Ana Paula Parrella

      falou tudo Michelle

    • Bia

      Obrigada Michelle. Mas, com o passar do tempo fica mais fácil…e eu acho mais fácil que secador/chapinha. Com o tamanho que ele tá, certeza que eu ia desenvolver uma tendinite!

      Beijoooo

      • Michelle Quirino

        Bia… nem me fala em tendinite… tem dia que eu tô que não me aguento! Meu pulso direito já está pra lá de Bagdá!
        Bjs linda!

    • Vanessa Moreira

      Menina, aproveita essa onda do PB e assuma seus cachos, é um luxo!

      • Michelle Quirino

        Acho que não teria coragem nem paciência! Me conhecendo bem… tenho certeza que jamais faria isso! Só para vocês terem uma ideia… ainda não engravidei por ficar pensando que serão 9 meses sem relaxamento, progressivas e outras quimicazinhas mais! Aff, ô vida!