Mitos e Verdades Sobre o Formol

cabelos ressecados

Eu usei todos os meus sensos jornalísticos para escrever esta matéria e acredito que será bem útil para finalmente esclarecer todos os mitos e confusões relacionadas ao formol. É claro que eu não terei a palavra definitiva no assunto, mas eu pelo menos irei suportar meus argumentos com fatos, algo que não é feito na maioria das vezes quando o assunto é discutido.

Em primeiro lugar, o que é o formol –  é um aldeído simples, de fórmula molecular H2CO e seu nome oficial é IUPAC metanal. Ele ocorre naturalmente em todas as células do corpo humano e é comunmente sintetizado e utilizado como conservante em cosméticos, materiais de construção e limpeza, dentre outros.

Abaixo, irei desvendar o que é mito e o que é verdade sobre o tão temido FORMOL.

  • Mito ou Verdade – Formol Danifica Cabelos

Verdade – Formol resseca cabelos e pele. Uma das funções do formol na progressiva é retirar os óleos naturais dos fios e abrir as cutículas, para que a estrutura interna do fio possa ser alterada pelo calor e queratina. Por isso a escova progressiva resseca os cabelos, isso é uma etapa necessária do alisamento. É preciso hidratar bem os cabelos e pele que foram expostos ao formol.

  • Mito ou Verdade – Formol Causa Queda de Cabelos

Mito – Muitas já devem ter experimentado queda de cabelo após a progressiva, mas isso não é devido ao formol. É devido à queratina. Excesso de queratina causa queda de cabelo, pois a queratina bloqueia os folículos capilares. O formol não interfere com esse processo.

  • Mito ou Verdade – Formol Causa Problemas Respiratórios

Parcialmente Verdade – Existem alegações que exposição ao formol causa asma ou bronquite, no entanto estudos feitos em 103 estudantes  de medicina que foram expostos à grandes quantidades de formol por 7 meses na Universidade da California do Sul, concluíram que as alegações são falsas. Os estudantes não apresentaram nenhum sintoma de constrição bronquial, nem sequer de irritação nasal. Os danos respiratórios associados à exposição ao formol são irritações mínimas e temporárias no sinus, garganta, olhos e pele.

  • Mito ou Verdade – Formol Causa Alergias

Mito – Não há evidência que exposição ao formol aumenta as chances de reações alérgicas ou de que os sistema imunológico seja afetado. O estudo dos cientístas Chang C. e Gershwin M. chamado “Toxidade do Formol – Separando Fato de Fantasia”, concluiu que a maioria das alegações sobre alergias causadas por formol, não passam de anedotas sem mérito científico.

  • Mito ou Verdade – Formol Causa Câncer em Pessoas

Mito – Recentemente o EPA nos EUA (o equivalente ao ANVISA) alarmou o mundo quando concluiu que formol causa câncer, alguns dias depois a National Academy of Science (NAS), refutou essas alegações, as chamando de severamente equivocadas e sem mérito científico. Segundo a Academia de Ciências Americana, não há nenhuma conecção entre leucemia, câncer de pulmão ou asma e o uso de formol. Veja a reportagem aqui do New York Times. Outros estudos científicos como o feito pelo International Epidemiology Institute, concluíram que não há evidência ligando formol à nenhum tipo de câncer em seres humanos. Níveis muito elevados de formol podem causar câncer apenas em ratos. O estudo ainda diz que formol existe naturalmente em todas as células humanas e não oferece riscos.

Todas os meus argumentos foram validados por fontes científicas, basta clicar nos links para acessar os vários estudos sobre formol (eles estão em inglês). Os argumentos que vi tanto no Brasil, quanto nos EUA em blogs de cabelo e beleza, e em sites de opinião foram baseados em nada além de relatos de cabeleireiros, esteticistas e clientes, que francamente chegaram à conclusões completamente ilógicas. Você decide se quer acreditar na palavra de uma cabeleireira ou de um cientista sobre os efeitos de um composto químico.

Sim o formol resseca a pele e cabelos, o que pode atestar qualquer estudante de medicina que teve que estudar cadáveres embalsamados em formol, mas não é nada que uma bom creme não dê jeito.

A não ser que você for um rato, formol não lhe causará câncer, relaxa. Também não causará alergias, nem problemas respiratórios sérios.

Depois de pesquisar sobre esse assunto assiduamente, minha conclusão de modesta blogueira e jornalista freelance é que governos adoram gerar pânico. Isso vem sido feito por milênios, o povo precisa de pão e circo (distração),é  assim que governantes mantêm o poder. Não acho que o pânico relacionado ao formol e sua proibição traz benefícios políticos imediatos, mas causa um falso senso de segurança, faz com que o povo confie em certas entidades, coisa que nunca deve ser feita de modo cego.

Eu sei que essa matéria talvez seja séria demais para um simples blog de beleza, mas acredito que meus leitores merecem informações corretas. Cada um deve decidir se quer ou não alisar seus cabelos com formol de forma inteligente e adulta, espero que o que leu aqui te ajude a fazer exatamente isso.

author avatar

Maquiadora e cabeleireira nas horas vagas, blogueira e professora de inglês. Adoro o estilo dos anos 60, músicas dos Beatles, Xbox 360, política de esquerda e filmes de terror.

  • Marcio

    Olá, li sua matéria publicada, fala-se que usou de todos os meios jornalísticos para escrever a matéria, mas você esqueceu-se do mais importante que precisa ser mostrado ao publico, e na sua matéria você a deixou de lado, não li em nenhum momento a ficha técnica do fabricantede formol, e nem da amônia, sabemos que os dois produtos em uso para fins de consumo humanos são altamente prejudiciais a saúde e não podem ser usados, tudo o que você falou que é mito, não é mito, é tudo verdade, você usou de exemplos de estudantes de medicina pra exemplificar sua matéria, mas você esqueceu-se de dizer que eles tem que usar equipamentos de proteção individuais adequados e de alto grau de segurança, para estar na
    sala com a composição de formol no ambiente. Porem também vale ressaltar que depende do volume de formol usado em cada produto químico nos tratamentos de beleza. Trabalhei em empresa que fazia uso do formol e nos tínhamos equipamentos de proteção, para o manuseio dos mesmos.Usávamos o formol numa sala fechada para fins de fumigação e extermínio de qualquer tipo de bactéria viva ou algo que tenha vida e poderia trazer contaminação para os animais da granja. Quando era esvaziada a granja tínhamos de lavar tudo e no final usar o formol para desinfetar a granja, e deixar por 2 dias sem ninguém entrar no local. Mal faz sim, pois o formol e a amônia, ao longo do tempo causa sim, alergias, câncer, problemas respiratórios, morte aos poucos,tanto para o homem quanto para a mulher o formol é altamente broxante.

    Aqui esta a ficha técnica do formol recomendada pelo fabricante do mesmo.

    FICHA TÉCNICAINDAIÁ LABORATÓRIO FARMACÊUTICO LTDA.

    A solução de formol 10% (p/v) é utilizada na conservação de
    material histológico.

    O material histológico deve ser totalmente imergido na
    solução de formaldeido 10% (p/v) garantindo dessa forma a preservação deste
    material até o momento de análise.

    CONSERVE O PRODUTO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS E DOS
    ANIMAIS DOMÉSTICOS; INGESTÃO DO PRODUTO PODE SER FATAL; NÃO PERFURAR A TAMPA OU
    EMBALAGEM; MANTENHA O PRODUTO EM LOCAL FRESCO AO ABRIGO DA LUZ SOLAR DIRETA;
    MANTENHA O PRODUTO EM SUA EMBALAGEM ORIGINAL; NÃO REUTILIZE EMBALAGENS VAZIAS
    DO PRODUTO; USAR EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA NO MANUSEIO DO PRODUTO (MÁSCARAS,
    LUVAS, GORROS, ÓCULOS E AVENTAIS); PRODUTO VOLÁTIL; MANTER A EMBALAGEM DO
    PRODUTO FECHADA APÓS UTILIZAÇÃO.

    Sua ingestão pode causar intensa dor, lesões severas de
    membranas e mucosas, acidose metabólica, convulsão e até morte; Seus vapores
    causam irritação dos olhos e sistema respiratório; Contato com a pele pode
    causar dermatites e reações de hipersensibilidade.

    Evite contato com a pele; Evite contato com os olhos e
    mucosas; Não ingerir o produto; Evitar inalação ou aspiração do produto.

    Em caso de contato com a pele, lavar o local com água
    corrente e sabão, se persistir a irritação consultar o médico; Em caso de
    contato com os olhos, lavar com água corrente por 15 minutos e consultar
    imediatamente o oftalmologista, levando a embalagem do produto; Em caso de
    inalação ou aspiração excessiva do produto, remover o paciente para local
    ventilado e se necessário procurar o serviço de saúde mais próximo; Em caso de
    ingestão acidental não provocar vômito e consultar imediatamente o centro de
    intoxicação ou serviço de saúde mais próximo; Não dê nada por via oral a uma
    pessoa inconsciente. Este produto por ter a finalidade de conservar peças para
    estudo histopatológicos, não é passível de Registro ou Notificação na
    ANVISA/MS, por não se enquadrar como um Saneantes Domissanitários, conforme
    disposto na Lei n° 6.360/76 e normas complementares. EM CASO DE INTOXICAÇÃO,
    LIGUE: (37) 3551-2305.

    FORMALDEIDO, FOSFATO DE SÓDIO MONOBÁSICO, FOSFATO DE SÓDIO
    DIBÁSICO E ÁGUA DEIONIZADA.

    PRODUTO EXCLUSIVAMENTE DE USO PROFISSIONAL ANTES DE USAR,
    LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES PROIBIDA A VENDA DIRETA AO PÚBLICO

    APRESENTAÇÕES:

    CARACTERÍSTICAS ORGANOLÉPTICAS:

    CARACTERÍSTICAS FÍSICO – QUÍMICAS:

    EMPRESA CERTIFICADA PELA ANVISA EM BOAS PRÁTICAS DE
    FABRICAÇÃO

    INDAIÁ LABORATÓRIO FARMACÊUTICO LTDA.

    250mL – 60 ALMOTOLIAS DESCARTÁVEIS EM CAIXA DE PAPELÃO; 1L -
    12 FRASCOS DE PLÁSTICOS DESCARTÁVEIS EM CAIXA DE PAPELÃO; 5L – 4 GALÕES
    DESCARTÁVEIS EM CAIXA DE PAPELÃO.
    *Algumas apresentações, venda sob consulta.

    ASPECTO: Líquido COR: Incolor ODOR: Característico de
    Formaldeído

    PH: 3,00 a 5,00 DENSIDADE (g/cm³): 1, 0000 a 1, 1000
    DOSEAMENTO (%): maior ou igual a 10,00

    INDALABOR INDAIÁ LABORATÓRIO FARMACÊUTICO LTDA. Av. Saudade,
    434 – Centro – Dores do Indaiá – MG – CEP: 35.610-000 Telefax: (37)
    3551-2305 – CNPJ: 04.654.861/0001-44 site:
    http://www.indalabor.com.br – e-mail: indalabor@indalabor.com.br

  • Moisés Soares

    Parabéns pela coragem e pelo conteúdo do texto!
    Profissionais e consumidores devem se informar.Pois o porquê das matérias exposta na mídia, foge e muito do cuidado com a saúde publica.

  • MICHELI BARBOSA

    PARABÉNS.., ADOREI SEU BLOG E POR SER A PRIMEIRA VEZ QUE VISITO NÃO TENHO DÚVIDAS SOBRE O QUE VC ESCREVE ESTOU MAIS ALIVIADA RSRSRS POIS ESTAVA COM MUITO RECEIO DA PROGRESSIVA… BJS…

  • Bianca Benjamin

    Eu só descobri que era alérgica a formol depois que comecei a trabalhar em salão de beleza, sempre que fazia uma progressiva no salão, meu olhos inchavam até fechar, meu batimento cardíaco acelerava e ficava com dificuldade para respirar, esmalte comum nem pensar em usar, minhas cutículas incham e enchem de bolinhas, como picada de mosquito, fui terminantemente proibida pela minha médica, de me expor ao formol novamente, e todas essas reações pararam, e você quer me dizer que” Não há evidência que exposição ao formol aumenta as chances de reações alérgicas”?? acho que esses cientistas, tem que rever os seus conceitos, e você também

  • Deme Cardoso

    Sou cabeleireira há 25 anos e durante pelo menos 20 anos me exponho a processos químicos diariamente, relaxamentos, luzes, tinturas, progressivas, tudo tem química. A amônia, o peróxido, o formol, em constante manipulação devido aos serviços oferecidos ao longo dos anos vai causar alguns tipo de patologia. Eu mesma sofro com processos alérgicos quando termino um trabalho, me causa dermatite de contato, tenho mãos, boca, olhos ressecados quando não acontecer de ter crises de garganta, laringite, faringite e amigdalites e não posso julgar que isso, diretamente, seja causado pelo formol apenas, pois bem antes de trabalhar com progressivas já apresentava estes problemas e levando-se em conta que ninguém é igual a ninguém. As reações alérgicas são diferentes de pessoa para pessoa.

    Um exemplo: Uma cliente minha fez um teste alérgico e descobriu que não podia usar qualquer produto que em sua composição tivesse o “silicone”, apresentava fechamento de glote até descobrir quê, o que lhe causava essa irritação alérgica seria algo de um tipo comum que quase toda pessoa usa no cabelo.

    Não creio que formol seja tão inofensivo assim, e deixo isso muito claro a todas as clientes sobre os efeitos pró e contra sobre qualquer processo químico. Todos eles tem um tempo de vida útil, por isso precisam de retoques e há muitos conceitos errados sobre o assunto. Quanto mais tempo uma química envelhece nos cabelos e não há manutenção haverá um efeito contrário e desastroso.

    Portanto, meu conselho ,só se exponha a um processo químico se realmente puder manter.

    Minha avaliação final, esses serviços inovadores nos salões são chamariz de vendas, mas há de se ter critérios para não está vendendo ilusões. Não existe milagres, tem que se ter conhecimento (mínimo) sobre o produto com o qual vc trabalha, passando o máximo em segurança para a cliente. A verdade ainda é o melhor caminho.

    um abraço a todos

  • Deme Cardoso

    Sou cabeleireira há 25 anos e durante pelo menos 20 anos me exponho a processos químicos diariamente, relaxamentos, luzes, tinturas, progressivas, tudo tem química. A amônia, o peróxido, o formol, em constante manipulação devido aos serviços oferecidos ao longo dos anos vai causar alguns tipo de patologia. Eu mesma sofro com processos alérgicos quando termino um trabalho, me causa dermatite de contato, tenho mãos, boca, olhos ressecados quando não acontecer de ter crises de garganta, laringite, faringite e amigdalites e não posso julgar que isso, diretamente, seja causado pelo formol apenas, pois bem antes de trabalhar com progressivas já apresentava estes problemas e levando-se em conta que ninguém é igual a ninguém. As reações alérgicas são diferentes de pessoa para pessoa.

    Um exemplo: Uma cliente minha fez um teste alérgico e descobriu que não podia usar qualquer produto que em sua composição tivesse o “silicone”, apresentava fechamento de glote até descobrir quê, o que lhe causava essa irritação alérgica seria algo de um tipo comum que quase toda pessoa usa no cabelo.

    Não creio que formol seja tão inofensivo assim, e deixo isso muito claro a todas as clientes sobre os efeitos pró e contra sobre qualquer processo químico. Todos eles tem um tempo de vida útil, por isso precisam de retoques e há muitos conceitos errados sobre o assunto. Quanto mais tempo uma química envelhece nos cabelos e não há manutenção haverá um efeito contrário e desastroso.

    Portanto, meu conselho ,só se exponha a um processo químico se realmente puder manter.

    Minha avaliação final, esses serviços inovadores nos salões são chamariz de vendas, mas há de se ter critérios para não está vendendo ilusões. Não existe milagres, tem que se ter conhecimento (mínimo) sobre o produto com o qual vc trabalha, passando o máximo em segurança para a cliente. A verdade ainda é o melhor caminho.

    um abraço a todos

  • Deme Cardoso

    Sou cabeleireira há 25 anos e durante pelo menos 20 anos me exponho a processos químicos diariamente, relaxamentos, luzes, tinturas, progressivas, tudo tem química. A amônia, o peróxido, o formol, em constante manipulação devido aos serviços oferecidos ao longo dos anos vai causar alguns tipo de patologia. Eu mesma sofro com processos alérgicos quando termino um trabalho, me causa dermatite de contato, tenho mãos, boca, olhos ressecados quando não acontecer de ter crises de garganta, laringite, faringite e amigdalites e não posso julgar que isso, diretamente, seja causado pelo formol apenas, pois bem antes de trabalhar com progressivas já apresentava estes problemas e levando-se em conta que ninguém é igual a ninguém. As reações alérgicas são diferentes de pessoa para pessoa.

    Um exemplo: Uma cliente minha fez um teste alérgico e descobriu que não podia usar qualquer produto que em sua composição tivesse o “silicone”, apresentava fechamento de glote até descobrir quê, o que lhe causava essa irritação alérgica seria algo de um tipo comum que quase toda pessoa usa no cabelo.

    Não creio que formol seja tão inofensivo assim, e deixo isso muito claro a todas as clientes sobre os efeitos pró e contra sobre qualquer processo químico. Todos eles tem um tempo de vida útil, por isso precisam de retoques e há muitos conceitos errados sobre o assunto. Quanto mais tempo uma química envelhece nos cabelos e não há manutenção haverá um efeito contrário e desastroso.

    Portanto, meu conselho ,só se exponha a um processo químico se realmente puder manter.

    Minha avaliação final, esses serviços inovadores nos salões são chamariz de vendas, mas há de se ter critérios para não está vendendo ilusões. Não existe milagres, tem que se ter conhecimento (mínimo) sobre o produto com o qual vc trabalha, passando o máximo em segurança para a cliente. A verdade ainda é o melhor caminho.

    um abraço a todos

  • Deme Cardoso

    Sou cabeleireira há 25 anos e durante pelo menos 20 anos me exponho a processos químicos diariamente, relaxamentos, luzes, tinturas, progressivas, tudo tem química. A amônia, o peróxido, o formol, em constante manipulação devido aos serviços oferecidos ao longo dos anos vai causar alguns tipo de patologia. Eu mesma sofro com processos alérgicos quando termino um trabalho, me causa dermatite de contato, tenho mãos, boca, olhos ressecados quando não acontecer de ter crises de garganta, laringite, faringite e amigdalites e não posso julgar que isso, diretamente, seja causado pelo formol apenas, pois bem antes de trabalhar com progressivas já apresentava estes problemas e levando-se em conta que ninguém é igual a ninguém. As reações alérgicas são diferentes de pessoa para pessoa.

    Um exemplo: Uma cliente minha fez um teste alérgico e descobriu que não podia usar qualquer produto que em sua composição tivesse o “silicone”, apresentava fechamento de glote até descobrir quê, o que lhe causava essa irritação alérgica seria algo de um tipo comum que quase toda pessoa usa no cabelo.

    Não creio que formol seja tão inofensivo assim, e deixo isso muito claro a todas as clientes sobre os efeitos pró e contra sobre qualquer processo químico. Todos eles tem um tempo de vida útil, por isso precisam de retoques e há muitos conceitos errados sobre o assunto. Quanto mais tempo uma química envelhece nos cabelos e não há manutenção haverá um efeito contrário e desastroso.

    Portanto, meu conselho ,só se exponha a um processo químico se realmente puder manter.

    Minha avaliação final, esses serviços inovadores nos salões são chamariz de vendas, mas há de se ter critérios para não está vendendo ilusões. Não existe milagres, tem que se ter conhecimento (mínimo) sobre o produto com o qual vc trabalha, passando o máximo em segurança para a cliente. A verdade ainda é o melhor caminho.

    um abraço a todos

  • Deme Cardoso

    Sou cabeleireira há 25 anos e durante pelo menos 20 anos me exponho a processos químicos diariamente, relaxamentos, luzes, tinturas, progressivas, tudo tem química. A amônia, o peróxido, o formol, em constante manipulação devido aos serviços oferecidos ao longo dos anos vai causar alguns tipo de patologia. Eu mesma sofro com processos alérgicos quando termino um trabalho, me causa dermatite de contato, tenho mãos, boca, olhos ressecados quando não acontecer de ter crises de garganta, laringite, faringite e amigdalites e não posso julgar que isso, diretamente, seja causado pelo formol apenas, pois bem antes de trabalhar com progressivas já apresentava estes problemas e levando-se em conta que ninguém é igual a ninguém. As reações alérgicas são diferentes de pessoa para pessoa.

    Um exemplo: Uma cliente minha fez um teste alérgico e descobriu que não podia usar qualquer produto que em sua composição tivesse o “silicone”, apresentava fechamento de glote até descobrir quê, o que lhe causava essa irritação alérgica seria algo de um tipo comum que quase toda pessoa usa no cabelo.

    Não creio que formol seja tão inofensivo assim, e deixo isso muito claro a todas as clientes sobre os efeitos pró e contra sobre qualquer processo químico. Todos eles tem um tempo de vida útil, por isso precisam de retoques e há muitos conceitos errados sobre o assunto. Quanto mais tempo uma química envelhece nos cabelos e não há manutenção haverá um efeito contrário e desastroso.

    Portanto, meu conselho ,só se exponha a um processo químico se realmente puder manter.

    Minha avaliação final, esses serviços inovadores nos salões são chamariz de vendas, mas há de se ter critérios para não está vendendo ilusões. Não existe milagres, tem que se ter conhecimento (mínimo) sobre o produto com o qual vc trabalha, passando o máximo em segurança para a cliente. A verdade ainda é o melhor caminho.

    um abraço a todos

  • Ana

    texto infeliz fia;D

  • mary

    você deveria usar um verificador de ortografia… “comunmente”, “conecção”…

  • vivik

    acessem: http://apps.unibrasil.com.br/revista/index.php/saude/article/viewFile/488/409

  • Gabriela

    Eu amei esse texto, tenho asma e outras complicações respiratorias, já fiz váaaaarias vezes escova com formol e nunca parei no hospital por causa disso, eu só acho que tudo em excesso faz mal, os relaxamentos feitos em cabelos são muito mais agressivos e perigosos do que o formal usado corretamente, e amonia então, tenho muito mais alergia a amonia do que formol (no meu caso, meu corpo reage desta forma), a amonia tem muito mais chance de alergia do que o formol vocês sabiam ?
    Já li sobre vários casos que usuarias de tintas de cabelo contendo amonia morreram por causa da amonia contida nas tintas de cabelo.
    O formol tem cheiro forte sim, mas não causa tanto efeitos colaterais quanto tantos produtos aceitos pela ANVISA (QUE PRA MIM É UM FARSA, NÃO FUNCIONA) como tintas de cabelo (que me da ate dor de cabeça), e vocês sabiam que a maioria dos produtos de cabelo, roupas e entre outras coisas é usado o formol ?
    Se realmente alguem tem alergia ao formol mesmo em pequenas quantidades a pessoa iria parar no hospital.
    Minha mãe faz o uso a anoooooos (inclusive do formol puro, isso no começo das progressivas) e nunca teve cancer ou outras coisas, eu só não acho correto o excesso, ate os aimentos naturais que parecem ser inofensivos podem causar sérios danos a saude.
    E outra coisa, a quebra e a queda causado por a escova tem vários fatores:
    1- Excesso de queratina que é composta na formula da escova, que além de quebrar causa calvice e acne por entupimento dos poros e folículos
    2 – As vezes as pessoas que formula o produto adiciona outros alisantes que destroem o cabelo.
    3 – Falta de competência do profissional ao avaliar a condição do cabelo da cliente, as vezes o cabelo esta muito fraco e não está apto a receber qualquer tipo de química.
    4 – Falta de competência ao manusear o produto no cabelo, qualquer produto quimico cosmético não é recomendado passar no couro do cabelo, essa área é muito sensível até condicionadores e shampoos mal manuseados causa alergia no couro cabeludo.

    Pra finalizar a midia brasileira aliena muitas pessoas, muitas pessoas acreditam na farsa da midia sensacionalista que causam pânico nas pessoas e claro que os médicos e dermatologistas vão atrás pra não perder sua clientela alienada.A falta de competencia e etica das pessoas também causam isso, qualquer produto mal manuseado e alterado causa essas coisas, porque que os quimicos, dentistas, farmaceuticos e entre outros profissionais que fazem o uso do formol em elevadas nunca tiverem cancer, alergia e entre outros sintomas ?
    Porque usam a devida proteção(que nem sempre proteje por completo) e são a prova viva que o formol não é tão ofensivo assim.
    Pesquisem mais antes de acreditar na mesquinharia da midia, a internet está ai para pesquisar e abrir suas mentes , ANVISA e entre outros órgãos públicos que sinceramente não funciona e são uma FARSA

  • Mística

    Boa matéria! Mas você vai me desculpar, mas o uso de formol pode causar uma reação alérgica sim, e muito brava. Tive a ponto de ser internada e meu rosto ficou inchado por vários dias, mas inchado mesmo, a ponto de deformar. Por isso, é sempre muito importante o teste antes do uso. #ficaadica

  • roseabdon100@yahoo.com.br

    oi meu nome é ROSE usei formou numa escova progressiva há dois meses e hoje ñ posso nem usar creme de cabelo comum ñ sei se isso pode ter acontecido mais aconteceu comigo em 15 dias após ter feito o alizamento tive os seguintes sintomas: no ato da escova meus olhos arderão muito meu couro cabeludo tb a profissional de cabelo me deu uma toalha de rosto molhada com água para amenizar o ardor dos olhos e disse que isso era normal depois de 15 dias comecei ter um ardor na minha cabeça do lado esquerdo justante onde ardeu mais na hora da aplicaçao cometida de uma dor de cabeça fraca mais imsuportavel fui para emergencia com a aaminha pressão arterial muito alta por conta do sistema nervoso causado pelo formol defequei sangue por tres dias procurei um medico clinico que me orientou procurar um dermatologista isso fis quando fiz a ressonancia minha cabeça estava cheias de ematomas vermelha e muito dolorida porque queimou meu couro cabeludo hoje tomo remedios parar dormir para dor de cabeça que ainda mem percegue e estou com minha alto estima lá em baixo tenho um filho de 2 anos e ñ tenho mais a paciencia que tinha antes de tudo isso quase morrir faltou pouco!!! oque vc me fala sobre issso foi fato real ñ uma historinha ok!! meu imail roseabdon100@yahoo.com.br

  • Tatiana Louise Gazda

    os *links, perdão!

  • Camilabessa11

    Ju, pouco escrevo por aqui, pois tenho pouco tempo devido a minha profissão… Mas lendo esse artigo resolvi tentar esclarecer algumas dúvidas que possuo com vc, que me parece entender muito bem de amplos assuntos cosméticos…
    Eu faço reflexo loiro bem claro em meu cabelo (cuja cor natural é um castanho médio quase claro… rs) a mais ou menos 1 ano… Meu cabelo antes de ser descolirido, era SUPER cheios, brilhoso, forte, saudável e tal… Meu cabelo era realmente muit bonito… Mas desde que eu o descolori, percebi um grande ressecamento – o que eu acho normal devido ao processo de descoloração – Mas meu cabelo começou a cair muito… E hj, um ano depois, meu cabelo está RALO, Fraco, Quebrando a toa… E mais: Meu cabelo loiro está cacheando, encrespando nas mechas perto do pescoço e emcima perto dos olhos/sombrancelhas… ISSO NUNCA ACONTECEU ANTES!!!! Entrei em crise… Resolvi que iria tirar o loiro pra ver se melhorava… Até que conversei com 5 cabelereiros diferentes e ambos me disseram que NUNCA viram um reflexo loiro fazer tal estrago de cair e enrolar os cabelos de ninguém… E ambos os 5 me perguntaam se eu havia feito algum tratamento com FORMOL… Eu havia feito umas 3 ou 4 vezes para abrandar o ressecamento da descoloração… E ambos me disseram que tal estrago era proveniente do uso do FORMOL… Isso é verdade???? Como devo proceder para restaurar meu cabelo (volume/brilho/alisar) ????? ME AJUDE, POR FAVOR!!! ESTOU EM DESESPERO!!!!

    • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

      o estrago foi feito pela queratina em excesso, não o formol. Vc tem que cortar e usar óleo de pequi, isso vai ajudar muito. boa sorte!

      • Lucas

        Engraçado que a querida Juliana Lino vai contra TODOS nós profissionais médicos, da saúde e vigilância sanitária!

  • Anapauladummer

    ju tenho trabalhado com escova de formol desde que comecei o salão a um ano,mas confesso que certos cabelos cabelosnão dão  um resultado 100 por cento,deve ter varios preparados? bjo ana adoro seu blog!

    • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

      vc deve estar usando uma quantidade muito pequena e cabelos mais crespos só alisam com guanidina. Vc pode usar guanidina e depois fazer a escova de formol.

  • Carlos

    Matéria tendenciosa !!! Ela precisa VISITAR o Hospital do Câncer e ver a realidade sobre o formol.
    Ela tbm precisa visitar salões de periferia e ver o q está acontecendo com a maioria desses profissionais.

  • Jessicacristina4614

      Amei, parabéns pela reportagem, muito bem feita.

    • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

      obrigada querida! beijos

  • Dani

    De uma coisa eu sei. Fiz apenas 1 periodo de farmacia e pegava em peças mergulhadas no formol,akele cheiro forte era inalado por mim e por todos no laboratorio durante horas inclusive pelos professores que dão aula há 50 anos e nunca falaram nada sobre o perigo de estarmos expostos…agora imaginem um medico que estuda 1 milhao de anos peças anatomicas no formol diariamente. Eles que tem contato direto com o formol seriam os mais prejudicados! Que faz mal, faz pq é tóxico, mas se fosse algo tão, tão perigoso não existiriam aulas de anatomia na faculdade pois todos iriam morrer de cancer antes de se formar! é o que eu acho…

    • Marcelo Moreira

      Uma vez que você foi irônica nos números apresentados como tempo de estudo do médico e tempo que professores dão aula essa nem merecia resposta. Mas como você mesma disse, quando fez farmácia deve ter tido aulas de métodos quantitativos. Certo? A discussão agora é entre dois cientistas. Assim, você mesma pode constatar que quando se fala em aumentar as chances de se desenvolver uma patologia, uma vez que o indivíduo é exposto a um agente, não quer dizer que ele desenvolva a patologia com 100% de certeza. Quer dizer apenas que ele têm as chances aumentadas em relação ao indivíduo não exposto. Antigamente, por exemplo, não se sabia que doses grandes de raio-x prejudicavam a saúde e foi após vários estudos
      , repito v-á-r-i-o-s,   que se concluiu que prejudica sim, daí é que maiores precauções foram tomadas além da dose necessária ter sido reduzida para que o uso continuasse sendo feito, pois o benefício do uso supera o malefício. Isso na área da saúde faz todo sentido, mas será que faz sentido na área da beleza? Arriscar a saúde? Você se expõe a doses alopáticas de formol? 
      Eu não e tento impedir que algum parente meu se exponha. A propósito, foi uma pessoa que gosto muito que me apresentou este site e os tais artigos, e confesso que me espantou um pouco como o assunto é tratado, mas penso que consegui convencê-la dos riscos. Formol não é um produto que se vende livremente por ai e a gente pode até discutir como os donos de salões o conseguem para manipularem eles mesmos seus produtos de beleza.
      Vocês poderiam consultar o que a ANVISA pensa sobre o assunto.

      Abraços

      • Tatiana Louise Gazda

        A mim espantou E MUITO, pois é um desserviço a saúde pública e faz afirmações errôneas bizarras, com fontes sem respaldo técnico-científico algum. Indico os links idôneos abaixo, que apresentam explicações de maneira clara leigos e endossam a toxicidade do formol.

        http://www1.inca.gov.br/conteudo_view.asp?id=795

        http://www1.inca.gov.br/inca/Arquivos/perguntas_formol_03_08_11.pdf

        • Tatiana Louise Gazda

          * para leigos :)

  • Marcelo Moreira

    … continuando: antes que apresente os links do texto como referencial, isso não basta. É necessário uma revisão bibliográfica completa e no caso você apenas “peneirou” artigos favoráveis ao que quer afirmar. Em saúde quando algum estudo é inconclusivo em relação aos malefícios de alguma substância, reza o bom senso que a substância não deva ser utilizada até que as dúvidas inexistam. Todavia, por razões de marcado muitos fazem o contrario. Eu estou errado?

    att.
    MMFS

    • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

      Oha, vc está muito equivocado, as fontes citadas são bibliografias revisadas, neste artigo (que está incluído acima) há 10 estudos separados e revisados por fontes reputáveis como EPA, Environ Health Perspect, dentre outros. Por favor leia o artigo, se vc precisar de ajuda com o inglês, terei prazer em esclarecer qualquer dúvida, afinal eu sou professora, ou seja, ciente e responsável quanto à assuntos pertinentes como este. 

      • Marcelo Moreira

        Reitero que papel aceita tudo e os “artigos” foram peneirado conforme interesse sim. Não preciso de ajuda com inglês nem com alemão… aff. 

  • Marcelo Moreira

    Prezad(o)a autor do texto “Mitos e Verdades Sobre o Formol”: -Devido o fato de vossa senhoria não ter apresentado nenhuma referência bibliográfica das “evidência científica apresentadas”, as declarações contidas no referido não podem ser utilizadas como fonte de referência, pois não são confiáveis a não ser que seja meramente literárias. O “eu literário” aceita tudo, mas em ciências não é assim que funciona. Manifesto protesto as suas declarações.

    Att.

    MMFS

  • Handwolff

    KKKK…”falta de despreparo técnico do profissional” = profissional tecnicamente preparado!..
    .Amigabp, leia o que você escreve antes de chamar alguém de imbecil….kkkkk

    • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

      é difícil argumentar com quem não faz o menor sentido, né! Valeu pelo comentário. beijos

  • Amigabp

    sua imbecil ! formol em doses utilizadas nos produtos para alisamento causam câncer sim !
    O problema todo reside na proporção utilizada, na falta de despreparo técnico do profissional e do EFEITO ACUMULATIVO !

    • Anônimo

      Como vc ve, o artigo tem fontes, evidencia e relatos de profissionais. Nao e a minha palavra! Vc conhece alguem q desenvolveu cancer devido ao formol? E medicos e cientistas q passam anos lidando com o formol em altas quantidades, estao todos mortos? Vc deveria analisar os fatos antes de deixar a globo formar suas opinioes.

      • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

        aprendeu?

      • violet

        “O formol, em grandes proporções, pode até tampar as vias respiratórias”

        Especialista fala sobre o formol, substância utilizada no processo de alisamento de cabelo que pode causar câncer

        Da Equipe Medicando

        Foto: ReproduçãoO oncologista André Márcio Murad

        Press FC

        Coordenador do Serviço de Oncologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o oncologista André Márcio Murad fala sobre os malefícios que o formol pode causar. Alisar o cabelo com o produto pode expor consumidores a substâncias prejudiciais à pele. O risco também existe para a cabeleireira que, mesmo com a utilização de luvas na manipulação, inala a formulação.

        Portal Medicando: O que é e quais os malefícios que o formol causa no organismo humano?
        Dr. André Márcio Murad: O formol é uma droga, uma substancia química tóxica. O formoldeído é um composto líquido que tem várias aplicações, inclusive como em desinfetantes, antisséptico, mas, principalmente, está sendo usando nesses métodos de alisamento capilar. Ele é extremamente tóxico e pode ser prejudicial tanto de forma direta quanto através da inalação porque, na realidade, ele acaba se dissipando pelo ar atmosférico, principalmente, próximo das pessoas que estão manipulando o produto. Dessa forma, ele acaba sendo inalado. Por ser um produto tóxico, assim que entra em contato com a pele, acontece a absorção pela pele, alcançando a rede sanguínea. A substância causa vários efeitos que consideramos de intoxicações agudas. Causa irritação nos olhos, coceira no nariz. Em grandes proporções pode até tampar as vias respiratórias, que chamamos de blocos pasmos. Pode provocar também dor de cabeça, enjoo, náuseas, vômito, dores abdominal. Inclusive, em algumas pessoas que já tem epilepsia, pode levar à convulsão, provocar reações alérgicas, coceira e vermelhidão.

        Portal Medicando: Há risco de câncer?
        Dr. Murad: Esse é o efeito mais grave. Em laboratório isso já foi documentado pelo menos três tipos de pesquisa, desenvolvidas em animais. Foi verificado que ele é tanto carcinogênico, que causa câncer, quanto é peratogênico, ou seja, a exposição de uma mulher grávida ao formol pode determinar a má formação do feto. Isso sem contar as células, por exemplo, de animais que são expostas ao formol em laboratório. Há um dano da estrutura do DNA dessa célula. Então, quando o DNA é danificado pode eventualmente ocorrer a mutação dos genes responsáveis pelo alto crescimento das células e pelo controle desse processo. Então, quando esses genes são alterados, quando a estrutura molecular é alterada, há o funcionamento de forma errada e isso pode precipitar um crescimento descontrolado das células, o que na verdade, acaba sendo o câncer.

        Portal Medicando: Isso já é confirmado cientificamente?
        Dr. Murad: É, isso é confirmado em laboratório. Todas as substâncias que causam câncer em animais, automaticamente têm o risco de causar em humanos. Então, por isso aconselhamos a não uso do formol. Na maioria dos casos, o produto é usado periodicamente. Ou seja, é uma exposição crônica e, consequentemente, ainda mais perigosa.

        Portal Medicando: Quais outros produtos podem ser considerados cancerígenos?
        Dr. Murad: Solvente de tinta, todos os solventes orgânicos. Ele pode eventualmente causar câncer. Principalmente o benzeno, que causa leucemia. As pessoas acham que a tinta causa o câncer, mas na verdade é o que causa é o removedor. Já removedor de esmalte não, porque não tem solvente orgânico, ele é a base de acetona que não é cancerígena. E correntes com base a anilina, mas que hoje são raros, podem causar câncer de bexiga.

        Portal Medicando: Quais as pessoas que correm mais riscos?
        Dr. Murad: Tanto a cabeleireira quanto o consumidor final correm sérios riscos. A mulher que tem o formol no cabelo, o formoldeido vai sendo absorvido lentamente e a mulher que está manipulando, mesmo que use luvas, inala o produto. O formoldeido acaba sendo vaporizado na atmosfera.

        Portal Medicando: Mesmo a quantidade que é permitida pela ANVISA?
        Dr. Murad: Na verdade, a ideia é que não seja permitido. O máximo permitido de exposição é de 5 a 10 minutos. Na realidade é uma exposição super rápida, questão de alguns minutos. Mas quem consegue fazer uma escova em menos de 5 minutos? Por exemplo, uma exposição de 15 ou 16 minutos mata um camundongo em dez horas. Então tem que lançar no mínimo 5, no máximo 10. Por isso, o mais seguro é não utilizar.

    • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

      nossa quanta violência,favor pessoas de baixo nível não desviar o foco c/ comentários improdutíveis

  • Vivian Diniz

    Fiz definitiva com e sem formol, com formol o resultado foi bem melhor. Agora por experiência posso falar disso a primeira vez que fiz alguma química no cabelo foi uma progressiva e a pessoa se jogou no formol, o cheiro ficou super forte e conforme me mexia vinha o cheiro e meus olhos ardiam , até o pulmão sentia, foi horrível durante o processo e antes de poder lavar e até para lavar o cabelo ficava estranho , parecia corda sei lá. O alisamento definitivo com formol foi outro profissional que fez, esse bem cuidadoso e sim tem cheiro forte mas só na hora da química (ele colocou um ventilador no meu rosto assim não senti tanto o cheiro ou irritação nos olhos) e com certeza usou uma quantidade beeeem menor. Depois que termina o processo vc não sente nenhum efeito, cheiro nada.Acho que vai muito da concentração que a pessoa passa.

  • Norma

    Acredito que o formol não seja tão inofensivo quanto o seu texto pretende nos fazer crer. Eu mesma, recentemente, passei por um tratamento que incluía o uso de produto para fazer escova progressiva em parte do meu cabelo (uma parte mais crespa). Na hora que a cabeleireira passou o produto senti um cheiro muito forte e intensa ardência nos olhos. No dia seguinte minha garganta estava inchada, ou melhor estava com laringite e meus pulmões inflamados. Isso ocorreu há três semanas e tive que ser fortemente medicada para controlar os acessos de tosse intensa, sufocamento, vômito, dores intensas no peito e absoluto desconforto.
    Dessa forma, sou obrigada a concluir que o formol não é tão inócuo quanto você imagina e as pessoas têm sim que ter todo cuidado. Até por que muitas pesquisas são encomendadas pelas indústrias interessadas na venda de determinados produtos. 
    Acho que você deveria apresentar os dados, pesquisas e testemunhos que dizem o contrário e dar a todos a oportunidade de tirar suas próprias conclusões. 
    Formol pode não oferecer riscos para alguns, mas para muitos pode ser muito danoso.

    • vivik

      É isso mesmo ,não é por que não ocorreu com algumas pessoas que todas sairão ilesas ,cada organismo reage de um jeito.

  • Liane

    Não sou cabeleireira, não sou química, mas gostaria de deixar meu comentário à respeito do formol. Acredito que ele possa trazer sim alguns danos físicos para o cabelo e pele, mas o cigarro, o álcool, o excesso de frituras, refrigerantes e cafeína também trazem danos ao organismo e nem por isso as pessoas deixam de usá-los. Qualquer outra química, mesmo a queratina, em excesso danifica os cabelos, porém existem tratamentos para minimizar a situação. O que ocorre é que muitas vezes colocamos a culpa em algo para explicar um problema que não gostaríamos de ter. Acredito que esta pessoa que foi parar no CTI com o rosto desfigurado, tenha o mesmo problema que eu. É um problema de ordem alérgica que pode levar a pessoa à óbito se não for socorrida a tempo. É chamado de ‘angioedema’. No meu caso é edema de face, o que deixa meu rosto desfigurado pelo inchaço. Deve-se ter o máximo de cuidados para que não ocorra o edema (inchaço) de glote (neste caso, corre-se o risco da asfixia, que pode levar a morte). O angioedema em mim ocorre por determinadas químicas (antibióticos, antiinflamatórios, a maioria dos analgésicos, anestesia, escova progressiva, etc). Aconselho que as pessoas façam testes antes de submeterem-se a processos químicos, pois em muitos casos, os ‘vilões’ não são as químicas e sim o nosso próprio organismo. Não posso fazer a progressiva, mas não tenho problema com o ‘tioglicolato’, e dessa forma, consigo ter meu longo cabelo lisinho. Conhecendo-nos melhor, podemos ser saudáveis e bonitas sem preocupação.

    • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

      sensacional, arrasou,performance inabalável,quem tem ouvido ouça, quem quiser aprenda; obrigado liane.

  • Gkhair2

    Tenho visto muitas pessoas questionarem a ação do formol nos produtos de beleza. O que tenho visto por eu mesmo realizar escova progressiva e/ou inteligente é que o formol é muito menos nocivo aos cabelos do que muitos outros produtos químicos, como por exemplo o glutarol, que também é usado em muitos produtos. Há de ser observado que o glutarol foi proibido até mesmo para realizar esterilização em equipamentos cirurgicos no Estado de São Paulo, e em várias Universidades de Medicina.
    Na dosagem certa e controlada pela ANVISA, o formol não causa problemas quando utilizado nos produtos de beleza.

    Gremy Filho (gkhair2@gmail.com)

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=1555426947 Paola Olliveira de Camargo

    Na cabeleireira ou no cientista? Prefiro não dar total confiança a nenhum dos dois. Afinal, a ciência também é (muito) passível de erros. Por via das dúvidas, me abstenho de quaisquer procedimentos demasiado agressivos aos cabelos (na verdade, eu me abstenho até de secador de cabelos).

    • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

      essa deve se abster d sexo por causa da aids.

  • Tiharamartins

    Ju, vc que tem feito muitas pesquisas sobre o assunto, qual o periodo minimo pra se refazer uma progressiva? meu cabelo nunca pega =/

    • Anônimo

      E dificil dizer… O problema da progressiva e a queratina e o calor, se seu cabelo for saudavel vc pode fazer a cada 2 meses, mas substitui a queratina por oleo de argan ou outra fonte de proteina como oleo de coco. Mas eu te indico a escova definitiva.

  • Norma04achucarro

    se eu usar uma quantidade maior do que a quantia que esta na receita da  formula o que pode acontecer?

  • Lindaricaepoderosa

    daqui a pouco vão dizer que formol da hemorróida!

  • Lindaricaepoderosa

    daqui a pouco vão dizer que formol da hemorróida!

    • Anônimo

      kkkkkkkk!

    • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

      kkkkkk

    • Valeria Borges

      Vai tirando sarro,babaca!

  • Vivik1970

    É, o que é a palavra de uma cabeleireira diante de uma virgula de um cientista?
    provavelmente esses cientistas trabalham em um salão de beleza a muitos anos acompanhando cada cliente ,percebendo cada mudança ,cada detalhe nos seus cabelos .
      Ninguém melhor para ver mudanças nos cabelos de alguém que o cabeleireiro que a acompanha anos .
    Trabalho a mais de vinte anos em salão de beleza posso dizer com convicção que formol causa sim queda de cabelos em determinadas pessoas ,e que nem sempre existe o uso de queratina na escova progressiva ,não é o correto, mas …
      O formol em estado liquido realmente não causa dano a saúde porém quando se faz escova progressiva ele é vapor que vai direto para as vias respiratórias ,causando sim diversos tipos de alergias além de  dermatites  e queda dos  cabelos .
      Só para constar:” eu como cabeleireira que tem uma palavra não muito confiavel”
    pude atraves da mudança brusca nos cabelos de algumas clientes, como queda ressecamento intenso,excesso de oleosidade .quebra  etc.. ,orienta-las a ir ao médico ,onde quatro em cada cinco estavam com problemas de tireoide ou anemia ou disturbio hormonal (ovário policistico) ou queda causada  por  uso de formol.
      Quanto ao formol causar ou não cancer não posso dizer,mas posso afirmar que causa serios riscos a saúde sim .Minha funcionária foi parar  no pronto socorro ,e olha que ela fez apenas na franja ,(foi uma demonstração onde o representante disse que havia um minimo de formol),pessoas que já estão habituadas a fazer escova progressiva com formol
    se estiver com baixa resistencia pode vir a ter alergia e ficar sério, como foi o caso da irmã de minha cliente que foi parar no CTI com o rosto totalmente desfigurado .
    bem,só posso falar daquilo que vivo.
    Mas somos todos adultos e maduros e fazemos coisas coerentes com o que acreditamos.
    Nossas atitudes revelam aquilo que somos.

    • Anônimo

      Oi Vivik, não estou querendo desrespeitar sua profissão, minha mãe é cabeleireira com muitos anos de experiência. Ela também é química e foi pelos relatos dela que iniciei essa pesquisa. Ela comprova os estudos e diz que formol não causa danos significativos à saúde. Estudos ligando formol à alergias e câncer vem sido feito a mais de 20 anos em suas formas líquidas e gasosas e uma connecção jamais foi comprovada, não duvido seu relato, mas é difícil de crer que sua funcionária tenha parado no hospital ao ser exposta a uma quantidade tão pequena, talvez ela tenha outros motivos por ter ficado doente.

      • VivisPt

        Adorei a Matéria Ju… Alias, desde que achei seu blog virei fã.
        Uma coisa importante a ressaltar sobre os comentários é que problemas na tireoide, ovários policísticos e anemia causam, por si só, queda de cabelo, ou porque mexem diretamente com o sistema hormonal do individuo ou porque afetam a imunidade e capacidade de acúmulo de vitaminas, usando ou não o formol.
        O formol pode sim causar (pode, não é certo que vá causar) irritação cutánea e respiratória, mas não são relatados problemas crônicos. Mas de qualquer maneira é muito importante todo o cuidado na manipulação dessa substância.
        Mas pensa na quantidade de pessoas que utilizam o formol diariamente no trabalho, para os funcionários de laboratório, cientistas, médicos, etc… Esses sim teriam grandes problemas… mas lembrando que eles usam toda a proteção necessária. No caso de alguém ter passado mal com o uso de formol talvez não tenha tomado o cuidado necessário e tenha tido uma irritação, mas parar na UTI… hummmm… sei lá!
        Agora, cabelo duro, ensebado, e com queda pós progressiva pode ser excesso de queratina, pode ser sensibilidade à qualquer componente da fórmula (para além do formol) Enfim… pode ser muitas coisas e só um dermatologistas pode diagnosticar os motivos. Beijocas Ju

      • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

        aprendeu ?

      • Valeria Borges

        INFELIZMENTE MORAMOS EM UM PAÍS QUE NÃO PUNE GENTE QUE ESCREVE TANTA MENTIRA como vc, “cabeleireira” nas horas vagas sem ética….

        http://portal.anvisa.gov.br/wps/portal/anvisa/anvisa/transparencia/!ut/p/c4/04_SB8K8xLLM9MSSzPy8xBz9CP0os3hTQwNfRydDRwN_N2cjA08XVzOPUF-PIGdvI_2CbEdFALBfe1Q!/?1dmy&urile=wcm%3Apath%3A/anvisa+portal/anvisa/trasparencia/assunto+de+interesse/publicacoes+transparencia/faq+-+perguntas+frequentes/cosmeticos+-+formol%2C+glutaraldeido%2C+alisante+e+escova+capilar

        http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=795

    • Handwolff

      Foram as palavras mais sensatas que vi até agora sobre o assunto. Eu sou distribuidor de produtos cosméticos e confesso, sofro de rinite alérgica…não posso nem passar perto de alguém fazendo escova progressiva…
      Mas uma coisa é certa: Se não tem “aldeídos”, tem química. Não existe produto milagroso.Todos são perigosos para quem tem quadro alérgico ou problemas de saúde.Costumo dizer que os fabricantes são todos BANDIDOS. São sim, pois quando acontece algo grave com alguma cliente, eles simplesmente dizem que o produto foi “batizado” por alguém, nunca por eles.Portanto, tenham cautela quanto as centenas de marcas de escovas progressivas que circulam pelo mercado.Verifiquem se existe um telefone direto de contato com o químico responsável. Acidentes acontecem…

      • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

        meu amor vc ta no emprego errado. porque vc não experimenta ser baba? criança não da nenhuma alergia.

        • zilu

          Cara, vc é muito chato.

    • http://www.facebook.com/haroldo.vilasboas Haroldo Vilas Boas

      essa é o tipo de pessoa q deixaria o seu filho morrer de fome só porque uma minoria arrasadora de seres humanos tem alergia a lactose: pondera

    • Tatiana Louise Gazda

      Os cientistas consideram sim o formol cancerígeno e irritante de mucosas, fique tranquila. A garota que escreve neste blog é irresponsável e não checou fontes adequadas.

      • Valeria Borges

        Com certeza!

      • Fenix

        Podemos denunciá-la na Delegacia de Repressão à Crimes contra a Saúde Pública. Dá uns 15 anos no mínimo,sem fiança.

    • Gabriela

      Vivik, você deveria pesquisar mais sobre os fabricantes, a única coisa que eu conheço e que é usada na formula em escovas progressivas, tintas e relaxamento é amônia,eu tenho muita alergia e meu olho chegou a ficar mega inchado quanto pintei meu cabelo, não acredito que seja o formol mas sim outros componentes não informado pelo fábricante (isso acontece na maioria dos produtos e alimentos que compramos e consumimos, estamos correndo o risco de ficar desfigurado a todo momento, fique tranquila, consumimos alimentos que são podres, cheios de qumicas e não sabemos o que pode nos causar).
      Se sua irmã e funcionaria tivesse realmente alergia a formol téria tido a muito tempo ao contato de roupas e cosmeticos que contem o formol em sua fabricação e composição)
      Beijos

      • aff

        Nossa, ficar com o cabelo liso a qualquer custo !….só a eminencia do risco de alergia já é suficiente para abolir a utilização imagina de câncer…e tudo isso pela ditadura da beleza que diz que o bonito são cabelos lisos…por favor…tantas discussões mais importantes….

  • Aline Carriel

    Adoreiiiii a materiaa… muito boa
    parabens Ju…

    • Ad Salvo

      eu sei formol pra fazer progressiva em mim mesma a quase dois anos e há 5 meses atras descobri que estava com cancer na tireoide, porem dos mais fracos, fiz a retirada da tireoide.não sei se foi por causa do formol.

      • Raquel

        Oi juuuu adorei essa sua matéria, faço a mesma escova progressiva há 7 anos, meu cabelo é bem crespo, e o resultado fica bem brilhoso e lisinho, ultimamente vi algumas notícias sobre que o uso do formal da cancêr, e problemas respiratórios, quando passam o produto no meu cabelo sinto só um leve cheiro que incomoda um pouco os olhos, mas não é só ali no momento mesmo, quando acaba não sinto absolutamente nada, não sei se é usado formal na progressiva que eu faço, olhei essa matéria e esclarece várias dúvidas minhas em relação ao formal, acho que da essas reações em pessoas que realmente tem alguma certa alergia, bom mas acho que eu posso ficar sossegada né? já faço a tanto tempo a mesma progressiva, bjs! SE POSSÍVEL ME RESPONDA

        • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

          E normal, com o tempo vc fica mais sensibilizada ao formol e pode sim ficar alergica.

          • Raquel

            com assim? eu posso ficar alérgica ao formal? n entendi

          • http://www.produtosdebeleza.com/ Juliana Lino

            pode causar alergias respiratorias, entao se tiver contato constante com o formol vaporizado, isso pode ocorrer. Mas so coceira e irritação no couro cabeludo são normais.